financiamento

Unbabel recebe 23 milhões de dólares de financiamento

A equipa da Unbabel
A equipa da Unbabel

Empresa liderada por Vasco Pedro vai usar este montante para a expansão internacional e desenvolvimento de produto

A Unbabel, startup portuguesa especialista em sistemas de tradução com recurso a inteligência artificial, fechou uma ronda de financiamento de 23 milhões de dólares (19,3 milhões de euros) em série B. A empresa liderada por Vasco Pedro vai usar este montante para a expansão internacional e desenvolvimento de produto.

“Começámos esta empresa com a ambição de alcançar os 70% de utilizadores da internet que não falam inglês, nem mesmo como segunda língua. No entanto, a procura das marcas globais por uma solução que lhes permita dar apoio aos seus clientes na sua língua nativa cresceu tão rapidamente que a Unbabel precisa agora de dar este passo de crescimento para ser capaz de atendê-las”, afirma Vasco Pedro, CEO da Unbabel, em nota enviada às redações esta quinta-feira.

A série B de investimento contou com investidores como a Scale Venture Partners, a Notion, a Microsoft Ventures, a Salesforce Ventures, a Samsung Next, mas também a Caixa Capital e a Funders Club.

Fundada em 2013, a Unbabel conta com clientes em áreas como o turismo, retalho e empresas online. Buzzfeed, Easyjet, Booking.com e SoundCloud são algumas das marcas que já usam o sistema de tradução automática que recorre à inteligência artificial à revisão por humanos.

Antes desta série B, a Unbabel já tinha obtido 8 milhões de dólares em operações de financiamento anteriores, de acordo com a base de dados Crunchbase.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Visita de Angela Merkel à Bosch, em Braga. A chanceler alemã foi
acompanhada pelo primeiro-ministro, António Costa.
Fotografia: Artur Machado/ Global Imagens

O país aguenta uma nova crise? Agências de rating divididas

Lisboa, 19/7/2019 - Eduardo Marques, Presidente da AEPSA- Associação das Empresas Portuguesas para o Sector do Ambiente-  uma associação empresarial, criada em 1994, que representa e defende os interesses coletivos das empresas privadas com intervenção no setor do ambiente,
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Eduardo Marques. “Há um grande espaço para aumentar as tarifas da água”

Fotografia: Gleb Garanich/ Reuters.

Greve: Ryanair diz que não houve cancelamento de voos esta manhã

Outros conteúdos GMG
Unbabel recebe 23 milhões de dólares de financiamento