Vinho português com gás chega ao Continente

Wine Spritzer com apoio do grupo Sogrape chega na próxima semana a 45 hipermercados do grupo Sonae.

O primeiro vinho português com gás vai chegar ao Continente. A partir da próxima segunda-feira, a OPO vai vender o seu wine spritzer em 45 hipermercados do grupo Sonae. Este é o primeiro acordo com uma retalhista da startup nascida em outubro de 2018 pelas mãos de João Perdiz e de Tiago Dionísio e que conta com o apoio do grupo Sogrape.

Nos hipermercados, será possível encontrar a versão light da OPO, "com apenas 40 calorias por cada 100 ml e que é adoçada com stevia", refere a marca em comunicado enviado ao Dinheiro Vivo.

Cada garrafa custará 2,49 euros e será vendida no formato de 0,33l, com 5% de álcool.

A nova gama estará disponível em dois sabores: vinho branco com limão e gengibre e vinho rosé com morango e framboesa, tal como acontece na gama original.

Até agora, este wine spritzer apenas poderia ser comprado na página da OPO ou era servido em bares, esplanadas, hotéis, terraços e cafés de todo o país.

Presente em cinco países, esta marca prevê acabar 2020 com uma faturação de 800 mil euros, oito vezes mais do que o valor registado em 2019.

Pode conhecer melhor a OPO através deste texto publicado pelo Dinheiro Vivo em julho de 2019: OPO. Vinho português com gás servido com fruta e (muito) gelo.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de