V!RA Um ano a virar frangos cada vez mais saborosos

Albano Homem de Melo abriu conceito novo em plena pandemia, já vai em quatro casas e quer acabar 2022 com dez.

Em plena pandemia, em novembro de 2020, com confinamento assegurado, abriu um conceito novo de restaurante, pensado à medida desse momento especial. Foi um ato de ousadia e desafio lançar uma nova empresa em restauração, uma das áreas mais afetadas pelos efeitos da covid, mas Albano Homem de Melo, um dos criadores do conceito H3, nem hesitou. E um ano de V!RA Frangos deu-lhe razão.

"2021 foi muito bom para o V!RA. Quando olhamos para trás parece que passou uma eternidade, mas pelos melhores motivos", garante ao Dinheiro Vivo. "Conseguimos fazer muita coisa em pouco tempo: dois meses depois de abrir portas, a 4 de novembro, a pandemia obrigou-nos a fechar a sala do primeiro restaurante. Apostámos no Uber Eats e acabou por ser isso a levar a muitos clientes a primeira experiência."

Os clientes continuaram a multiplicar-se desde então, levando o V!RA ao Atrium Saldanha em abril, a Algés em agosto, e a ponderar aberturas de Odivelas ao Porto, "a pedido de muitas famílias". "Foi um ano muito atípico, mas muito bom para nós", resume Albano.

Mas o que há de tão especial numa casa que é, afinal, uma churrasqueira? O sabor, a textura, a apresentação. É que Albano&Cia. - os sócios são Paulo Lameira Martins, ex-banca de investimentos (Deutsche, BESI e Haitong), e Noronha Lopes, antigo vice-presidente da McDonald"s Europe e ex-candidato à presidência do Benfica - reinventaram o frango assado: grelhado, desossado e sem uma pinga de gordura adicionada, resultando num prato suculento, estaladiço e saboroso.

"Neste momento temos três restaurantes e meio, o quarto abre daqui a dias em Cascais, na Av. 25 de Abril, junto ao Mercado. É muito positivo, mas os planos não ficam por aqui, queremos continuar a expandir e chegar, no fim de 2022, a dez restaurantes V!RA."

Se teve de se virar para o take away, o negócio começou com a loja física e é a receber clientes e dar-lhes a melhor experiência possível que dão prioridade. Sem descurar os clientes que têm de ficar em casa. "Felizmente temos trabalhado muito para melhorar a experiência dos clientes que optam pelo V!RA fora do restaurante. Assim chegamos a mais pessoas e conseguimos maximizar a receita." Neste momento, a distribuição de vendas entre restaurante e take away/entregas é aproximadamente 50/50.

E há novidades a caminho, além da app acabada de lançar porque "a experiência do cliente não se limita à refeição, ele merece ter tudo da forma mais conveniente". "Já tínhamos receitas de frango que agradavam a muitos, e um menu competitivo em restaurante e no shopping. A VIRApp foi uma oportunidade de melhorar a experiência do pedido e premiar os clientes, novos e recorrentes, incentivando à sua visita. Mais simples, mais rápido, e melhor para todos", explica Albano, revelando que está "a preparar mais algumas novidades, a revelar em breve".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de