fazedores

Xhockware. A caixa do supermercado é o seu smartphone

João Rodrigues diz que o principal factor de insatisfação dos clientes é o tempo de espera, que está normalmente no top 5 das reclamações.
João Rodrigues diz que o principal factor de insatisfação dos clientes é o tempo de espera, que está normalmente no top 5 das reclamações.

Querem mudar a rotina das compras e criaram uma aplicação para reduzir o tempo que os clientes passam nos supermercados. A ideia? Registar os produtos comprados no próprio smartphone e usar a caixa apenas para o pagamento. Prometem reduzir a experiência a um terço do tempo

Na caixa do supermercado há, além do ecrã tátil, uma pequena caixa preta que permite ao cliente transferir a informação da aplicação para o software de faturação. A conta é paga poucos segundos depois. Desde que entrou no supermercado até ao momento em que pagou a conta e saiu, o utilizador da YouBeep demorou menos dois terços do tempo do que um cliente normal, nesse supermercado.

Melhorar a experiência de compra e agilizá-la – recorrendo a uma aplicação portuguesa instalada no smartphone – foi o principal objetivo da Xhockware para o desenvolvimento da aplicação, lançada no início deste ano.

“Foi pensada para ajudar as pessoas durante o processo de compra. Num espaço de retalho alimentar, o principal fator de insatisfação dos clientes é o tempo de espera, que está normalmente no top 5 das reclamações. É também um problema sério para o retalhista porque tem impacto na satisfação do cliente e nas operações, já que constitui uma fonte de custos associados à passagem mais rápida das pessoas nas caixas ou ao abandono das compras antes do pagamento”, esclarece João Rodrigues, 39 anos, cofundador da startup.

Durante um ano, juntamente com o também engenheiro eletrotécnico João Névoa, 34, investiu 50 mil euros e desenvolveu a tecnologia por trás da solução de compra, uma autêntica “mudança de paradigma na experiência de compra no supermercado”, esclarece. A etapa seguinte foi convencerem dois VC, a Portugal Ventures e a Busy Angels, a investir na ideia de negócio para, finalmente, começarem à procura de clientes.

“Tínhamos a noção de que os meios financeiros de que precisávamos para assegurar o processo estavam fora do nosso alcance. Se não conseguíssemos ter capital de risco não avançaríamos com o projeto. Desenvolvemos o protótipo, investimos quase um ano de manpower e compra de equipamento para criar o protótipo e validar o negócio”, recorda João Rodrigues. O Continente foi o primeiro a conhecer o projeto mas foi o Lidl que arriscou o piloto de estreia, a 26 de janeiro deste ano. Seguiu-se o Pingo Doce, no início de março, num total de cinco lojas divididas pelas duas cadeias de supermercados em Lisboa, Porto, Cascais e Torres Vedras.

“Estamos no impasse da estratégia da empresa que passa por mudar os hábitos do cliente. O nosso sistema é baseado num smartphone, chegam à loja e fazem check-in na entrada e, à medida que fazem as compras, registam o código de barras, colocam no carrinho e, quando chegam à caixa poupam a experiência normal de caixa, têm apenas que ler um código produzido pela app, pagar e ir embora. Este passo obriga a que os clientes se habituem a usar um smartphone. Até aqui as pessoas até se esqueciam dessa possibilidade por estarem condicionadas a uma rotina de entrar na loja, pegar no carrinho e ir às compras. Ninguém se lembra que agora o passo é tirar o telefone do bolso”, detalha João.

Mas a experiência reduz mesmo o tempo de espera? Os fundadores garantem que sim, a menos de um terço. O que significa que, se demora 15 minutos a fazer compras, passaria a fazê-lo apenas em cinco. De acordo com as estatísticas há um período que dura em média 48 segundos e que é praticamente impossível diminuir. Por isso, a Xhockware já está a pensar em novas funcionalidades: permitir à»s pessoas pagar a conta via smartphone.

BI

° A Xhockware foi fundada por João Rodrigues e João Névoa, engenheiros eletrotécnicos. A startup portuguesa já levantou investimento da Portugal Ventures e da Busy Angels. ° A tecnologia desenvolvida pela empresa permite uma diminuição do tempo dispensado nas compras de supermercado. ° A app YouBeep está disponível em cinco supermercados Lidl e Pingo Doce.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Presidente da BP Portugal, Pedro Oliveira.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Combustíveis. Portugal perde vendas até 430 milhões para Espanha

José Galamba de Oliveira, Presidente da Associação Portuguesa de Seguradores.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Galamba de Oliveira: “É preciso um fundo para responder a grandes catástrofes”

trump-merkel_770x433_acf_cropped-1

Trump diz que UE, China e Rússia são inimigos dos EUA

Outros conteúdos GMG
Xhockware. A caixa do supermercado é o seu smartphone