Novas ideias

Yves Rocher procura fazedoras na área do ambiente

Jacques Rocher, presidente da Funda‹ção Yves Rocher
(Orlando Almeida / Global Imagens)
Jacques Rocher, presidente da Funda‹ção Yves Rocher (Orlando Almeida / Global Imagens)

O projeto vencedor receberá 10.000 euros.

É o nono ano em Portugal da iniciativa “Terre de Femes” da empresa de cosméticos francesa Yves Rocher que, até ao final de setembro, está a aceitar inscrições de fazedoras com ideias na área dos setores ambiental e social.

“Queremos que se inscreva o maior número de projetos para podermos continuar nesta aposta junto das nossas eco empreendedoras, que, ao realizarem o seu trabalho, contribuem positivamente para a preservação ambiental e para a integração social”, indica em comunicado Paula Cunha, da organização.

A ideia vencedora do primeiro prémio receberá 10.000 euros, havendo ainda lugar para uma menção honrosa no valor de 3.000 euros. Na edição do ano passado, a vencedora foi a fazedora Raquel Gaspar que, através do projeto “Guardiãs do Mar”, desenvolveu um programa de proteção do estuário do Sado através de iniciativas educativas, de sensibilização e de monitorização, que promovem a inclusão social de mulheres pescadoras desempregadas.

A vencedora em Portugal terá acesso também à competição mundial, onde serão atribuídos outros 10.000 euros em prémio. Até à data, a Fundação Yves Rocher já entregou perto de 1,8 milhões de euros, no âmbito da iniciativa “Terre de Femmes”, apoiando iniciativas de 375 mulheres em mais de 50 países. Em Portugal, foram já investidos 100.000 euros, na distinção de 17 mulheres com 17 projetos

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A Chanceler alemã, Angela Merkel.  Fotografia: EPA / CARSTEN KOALL

Merkel ganha com pior resultado de sempre, AfD é terceira força política

Lamego foi a autarquia que mais agravou o endividamento. Fotografia:
Maria Jo‹ão Gala / Global Imagens

Passivo das câmaras baixou, mas há 30 que se endividaram mais

Gasóleo deve subir, na próxima semana, enquanto a gasolina deve baixar. Meio cêntimo apenas em ambos os casos

Impostos nos combustíveis valem 7% da receita do Estado

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Yves Rocher procura fazedoras na área do ambiente