Ficha técnica

Diretora Editorial: Rosália Amorim
Sub-Diretora: Joana Petiz

Chefe de Redação: Filipe Morais

Head of Digital: Bruno Contreiras Mateus
Coordenador Digital: João Tomé

Editores em Lisboa:
Carla Alves Ribeiro e Vítor Martins
Editora no Porto:
Teresa Costa

Redação:
Ana Laranjeiro
Ana Marcela
Ana Margarida Pinheiro
Ana Sanlez
Cátia Rocha
Diogo Ferreira Nunes
Elisabete Tavares
Ilídia Pinto
Luís Reis Ribeiro
Maria Caetano
Paulo Ribeiro Pinto
Sónia Santos Pereira

Vídeo: Luís Stoffel
Secretária de redação: Ana Carla Gonçalves

Marketing e Comunicação:
Ana Marta Heleno, Diretora
Patrícia Lourenço, Gestora de Marca

Dinheiro Vivo registado na ERC com o n.º 126077

Data Protection Officer – António Santos

Proprietário e editor: Global Notícias – Media Group, S.A com sede na Rua Gonçalo Cristóvão, 195 a 219, 4049-011 Porto, Pessoa Colectiva n.º 502535369

Membros do Conselho de Administração: Daniel Proença de Carvalho (Presidente do Conselho de Administração), Afonso Camões, Guilherme Pinheiro, Kevin Ho, Rolando Oliveira, Jorge Carreira, José Pedro Soeiro, Paulo Rego e Philipe Yip.

Detentores com mais de 5% do capital da empresa:

KNJ Global Holdings Limited – 35,25%
José Pedro Carvalho Reis Soeiro – 24,5%
Olivemedia, Unipessoal, Lda. – 19,25%
Novo Banco, S.A. – 10,5%
Grandes Notícias, Lda. – 10,5%

Capital social: € 28.571.441,25

Sede da redação
Rua Tomás da Fonseca, Torre E, 3.º piso, 1600-209 Lisboa
Tel.: (+351) 213 187 500 Fax: (+351) 213 187 501

DINHEIRO VIVO – ESTATUTO EDITORIAL

O DINHEIRO VIVO é um jornal digital diário de assuntos económicos, financeiros e empresariais. Respeitamos e verificamos sempre os factos. Separamos claramente o que são notícias do que é opinião e análise. Somos independentes de todos os poderes políticos, económicos, religiosos e funcionais. Somos independentes de todas as correntes políticas e de pensamento, formais ou informais. Rigor, objectividade e independência jornalísticas são as características permanentes que definem a informação do DINHEIRO VIVO em todas as plataformas em que se expressa e informa.

O DINHEIRO VIVO promove e cultiva o sentido crítico, o cepticismo e a inteligência dos seus jornalistas, analistas e colunistas. O Dinheiro Vivo é exigente com o trabalho informativo que desenvolve para poder sê-lo em relação aos poderes que escrutina, observa e noticia de perto. O DINHEIRO VIVO rejeita simplificações editoriais.

O DINHEIRO VIVO informa com responsabilidade e com respeito pelo bom nome das pessoas, empresas, organizações, empresas e países, sem que isso afecte a profundidade e seriedade da sua investigação jornalística.

O DINHEIRO VIVO defende a liberdade como condição fundamental para o desenvolvimento das sociedades e das economias.

O DINHEIRO VIVO acredita na iniciativa privada como força motriz e pedra basilar das democracias, das sociedades e das pessoas.

O DINHEIRO VIVO acredita num Estado que favorece e promove a concorrência justa e transparente entre pessoas e empresas através de leis e regulamentos claros e de um sistema de justiça equilibrado e veloz.

O DINHEIRO VIVO acredita num Estado regulador, mas também num Estado com funções sociais — que pode desenvolver directa ou indirectamente –, mas das quais não pode abdicar.

 

 

selo