Simulador de pensões diz-lhe quanto vai receber em 2021

Ferramenta de utilização muito simples permite saber de imediato qual o valor líquido da pensão a receber este ano.

Agora é mais fácil para os pensionistas saberem qual o valor líquido (livre de impostos) que vão receber mensalmente durante este ano. A empresa especializada em finanças pessoais e familiares Doutor Finanças lançou um Simulador de Pensão Líquida no seu site.

Após a publicação das tabelas de retenção na fonte sobre o IRS - do Continente e da Região Autónoma dos Açores -, o Doutor Finanças apresenta agora esta ferramenta para facilitar o cálculo das pensões, quer para pensionistas do setor público como do setor privado.

"Saber o valor exato da nossa reforma traz-nos muitas vantagens. Além de permitir um melhor planeamento das nossas finanças pessoais, especialmente em momentos instáveis como o que vivemos atualmente, vai ao mesmo tempo, ajudar todos os pensionistas a programar a sua poupança, podendo eventualmente acrescentar-se a este valor uma renda mensal PPR (Plano Poupança Reforma), caso se tenha subscrito anteriormente", comenta, em comunicado, Rui Bairrada, diretor geral do Doutor Finanças.

Para utilizar esta ferramenta corretamente é necessário reunir os seguintes dados:

1. Tipo de pensão (se geral, deficiente ou deficiente das Forças Armadas);

2. Área de Residência (Portugal Continental ou Ilhas);

3. O seu estado civil;

4. Se tem dependentes e quantos;

5. Se o cônjuge ou dependentes são portadores de necessidades especiais.

As mudanças de 2021

Este ano, apenas as pessoas com pensões baixas vão sentir aumentos. De acordo com o Orçamento de Estado aprovado para 2021, há um aumento de 10 euros para as pensões até 658,2 euros. Este valor passou a ser pago já durante este mês de janeiro e abrange cerca de 1,9 milhões de pensionistas.

Tal significa que, as pensões acima deste valor, ficam congeladas este ano. Uma consequência da crise pandémica que fez com que a economia contraísse e a inflação ficasse abaixo de zero.

A acrescentar às alterações, o Governo decidiu ainda elevar o valor a partir do qual os pensionistas descontam para o IRS. Este ano, só os reformados que recebam a partir de 686 euros é que descontarão para o IRS, um valor que está 27 euros acima do praticado em 2020. Este limite é conhecido como mínimo de existência e tem o objetivo de garantir um rendimento mínimo às pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de