Pergunte ao Advogado

Tenho de declarar o carro da empresa no IRS?

pxhere
pxhere

Todas as semanas, com a ajuda de quem melhor sabe, o Dinheiro Vivo dá resposta a questões relacionadas com impostos e assuntos fiscais.

António Gaspar Schwalbach, Associado da Telles Advogados e membro do Conselho Geral da Ordem dos Advogados, responde aqui às questões de Direito Fiscal. Envie o seu caso ou dúvida para editorial@dinheirovivo.pt

Tenho como complemento salarial um automóvel, de que tenho o usufruto, sendo responsável por despesas de revisões, limpeza e arranjos. Tenho de declarar esse complemento no IRS?

Caso exista um acordo escrito, sim, tem de ser declarado.

Para efeitos de IRS, constitui uma remuneração acessória (em espécie) a utilização pessoal de viatura automóvel que gere encargos para a entidade patronal, quando exista acordo escrito nesse sentido.

O valor desse benefício deverá estar identificado, entre outras declarações, na declaração anual de remunerações que deve ser entregue ao trabalhador no mês de janeiro do ano seguinte àquele a que respeita.

O valor mensal desta remuneração corresponde a 0,75% do valor da viatura (calculado tendo em consideração o valor de aquisição da viatura e a idade da mesma).

Esta informação não dispensa a consulta de um advogado para analisar a situação específica

Pergunte ao Advogado-03
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal  Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Mário Vaz. “Havendo frequências, em julho teríamos cidades 5G”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Tenho de declarar o carro da empresa no IRS?