Fotogaleria

Big Ben. Centenas assistem às últimas badaladas antes do silêncio de quatro anos

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

As obras de renovação vão durar até 2021 e estão orçamentadas em 29 milhões de libras (31,67 milhões de euros).

O Big Ben já é, habitualmente, um dos monumentos mais fotografados do Reino Unido e, por isso, não é incomum encontrar turistas nas imediações do local, de câmara em riste, apontada à famosa Torre Elizabeth, que incorpora o relógio. Contudo, esta segunda-feira a multidão era mais densa e a quantidade de telemóveis a gravar as badaladas mais numerosa. Centenas de pessoas quiseram registar o momento em que o relógio assinalou o meio-dia, antes de mergulhar um silêncio de quase quatro anos, para obras de renovação.

Centenas de pessoas filmaram as badaladas do meio-dia, as últimas antes do previsto silêncio de quatro anos. REUTERS/Peter Nicholls

Centenas de pessoas filmaram as badaladas do meio-dia, as últimas antes do previsto silêncio de quatro anos. REUTERS/Peter Nicholls

Até 2021, o Big Ben só se fará ouvir em ocasiões especiais, como passagens de ano e no Remembrance Day, que comemora a assinatura do armistício que pôs fim à Primeira Guerra Mundial. O silêncio dos sinos é uma consequência da obrigatória desmontagem dos martelos, que serão desconectados do relógio, cujas peças serão removidas para reparação e limpeza. A renovação atingirá também as estruturas e os ponteiros e será desligada até a luz Ayrton, que desde a Segunda Guerra Mundial ilumina o topo da torre. Toda a operação está orçamentada em 29 milhões de libras (31,67 milhões de euros).

Humor britânico. O Twitter do Big Ben brincou com a situação.

Humor britânico. O Twitter do Big Ben brincou com a situação.

Deputados britânicos, curiosos e turistas assistiram em silêncio às doze badaladas do meio-dia, nesta segunda-feira, antes de irromperem num aplauso. O parlamento do país prometeu que vai tentar com que o relógio volte a funcionar mais cedo, depois da primeira-ministra Theresa May ter vindo dizer que quatro anos era demasiado tempo. “As badaladas do Big Ben são parte da vida parlamentar, e asseguraremos de que podem retomar sua função de guardiãs do tempo da nação assim que possível”, indicou a Câmara Baixa em comunicado.

Apesar das obras, o Big Ben continuará a mostrar as horas, devido à instalação de um motor elétrico que permitirá manter o funcionamento dos ponteiros, em substituição do mecanismo original. Ainda assim, prevê-se que, por alguns períodos, todas as quatros fachadas do monumento estejam cobertas devido aos trabalhos de reparação.

Conheça dez curiosidades acerca do Big Ben na fotogaleria em cima.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Turismo vale 16% da atividade económica portuguesa

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Défice público cai 59% até ao final de outubro

Marco Schroeder

Marco Schroeder renuncia a cargo de CEO da Oi

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Big Ben. Centenas assistem às últimas badaladas antes do silêncio de quatro anos