Forbes

Dez anos depois, Michael Jackson é o ‘morto’ mais rentável de sempre

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O apelidado Rei da Pop amealhou uma fortuna de 350 milhões de euros no último ano

Michael Jackson morreu há exatamente uma década. O cantor, mesmo apesar de ser polémico, continua a ser a celebridade já falecida mais lucrativa de sempre, ou seja, as vendas dos seus discos e os direitos para o uso das suas canções e imagem amealham mais dinheiro do que qualquer outro artista após a sua morte.

De acordo com a lista elaborada em 2018 pela revista Forbes, os donos dos direitos do legado de Michael Jackson (a sua família) amealharam uma fortuna de aproximadamente 350 milhões de euros ao longo do último ano. Este ano o cantor voltou à ribalta por maus motivos, por acusações de ter abusado de menores que foi o tema do documentário da HBO Finding Neverland.

Forbes diz mesmo que Jackson é o melhor indicativo de que existe ‘vida’ depois da morte, pelo menos no que se refere a vendas para artistas famosos. Quando faleceu a 25 de junho de 2009, o polémico artista era perseguido por dívidas devido aos gastos bem acima das suas possibilidades e estava a preparar o relançamento da carreira com uma nova tour mundial, que nunca chegou a acontecer.

Entretanto, no mesmo ano da sua morte, Michael Jackson foi o artista com mais vendas desse ano. O Rei da Pop vendeu 35 milhões de álbuns em todo o mundo poucos meses após morrer. O lançamento de dois discos, Michael (2010) e Xscape (2014), contribuiram também para o aumento de sua fortuna, assim como os dois espetáculos do Cirque du Soleil que mantém o legado do artista vivo em Immortal e One. Jackson chegou mesmo a fazer em holograma nos prémios musicais entregues anualmente pela revista Billboard, quando o seu holograma fez vibrar toda a audiência.

A carregar player...

Veja em cima quem são os famosos que depois de morrerem ainda geram milhões.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

TVI

Cofina avança com OPA sobre 100% da Media Capital por 180 milhões

Entrevista DV/TSF com secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Ana M. Godinho: “É preciso um compromisso de valorização e subida de salários”

Outros conteúdos GMG
Dez anos depois, Michael Jackson é o ‘morto’ mais rentável de sempre