finanças pessoais

As quatro pessoas a quem não pode pedir conselhos sobre dinheiro

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

As pessoas que lhe são mais próximas podem parecer a melhor opção, mas no que toca a dinheiro são precisamente o oposto.

Indeciso entre poupar ou investir um bónus salarial ou até mesmo as poupanças dos últimos meses? Não peça a opinião àqueles que lhe são mais próximos. Esta é a dica principal que deve ter em conta no que toca ao seu dinheiro.

Lembre-se, acima de tudo, que ninguém conhece melhor a sua situação pessoal, profissional e financeira além de si.

A quem deve, então, pedir ajuda? A alguém entendido na matéria e com quem não tem ligações sentimentais. Ao MarketWatch, o Planeador Financeiro Certificado Douglas A. Boneparth aconselha a procurar a ajuda de profissionais de empresas especializadas na área ou, caso não conheça nenhuma, experimentar procurar entendidos em plataformas como o LinkedIn, onde encontrará pessoas consoante a pesquisa pela profissão e empresa, por exemplo.

Planeadores certificados como Boneparth são treinados a exercer a sua função única e exclusivamente em prol dos interesses do cliente. Prova disso, diz o especialista, é o facto de estarem obrigados pela profissão “a explicarem o tipo de produtos que têm disponíveis, quais as vantagens de cada um e qual será o lucro que irão obter consoante a venda”.

Acima, apresentamos quatro entidades a quem nunca deve pedir conselhos sobre como deve gerir o seu dinheiro e para cada uma delas há uma razão específica.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

Fotografia: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

Bitcoins ou libras de ouro? O que é mais fácil trocar?

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
As quatro pessoas a quem não pode pedir conselhos sobre dinheiro