Accenture com presença de peso na Web Summit

Evento de tecnologia vai acontecer integralmente de forma virtual, envolvendo mais de 100 mil participantes. Accenture é patrocinadora oficial do evento e contará com vários oradores, incluindo a CEO da multinacional, Julie Sweet, distinguida como a "mais poderosa nos negócios".

A Web Summit, que nasceu em Dublin em 2009, vai realizar-se este ano exclusivamente em formato digital, representando assim mais um dos hercúleos reptos que a pandemia trouxe ao mundo. Como o online foi o palco preferido de praticamente todos os eventos realizados um pouco por todos os continentes durante este ano atípico, nada melhor do que este espaço virtual para realizar, entre os dias 2 e 4 de dezembro, a conferência que liga em rede tudo o que acontece na área da tecnologia mundial.

A Accenture, uma das companhias líderes em serviços de consultoria e estratégia na área do digital e tecnologia, é patrocinadora oficial da Web Summit pelo quinto ano consecutivo e conta mais uma vez com a participação de um leque variado de responsáveis que mostrarão à vasta audiência a sua visão e experiência nos diversos temas propostos nos diversos formatos definidos. Assim, com forte presença nos diferentes palcos virtuais, a multinacional faz-se representar por vários líderes globais e locais em speaking slots, roundtables e masterclasses, ao longo dos três dias do evento.

Julie Sweet, CEO da Accenture, e uma das principais speakers convidadas da edição deste ano, entra em cena no dia 3 de dezembro com o tema "Strategizing for a better world". A responsável, que ocupa o cargo máximo na companhia desde setembro de 2019, foi recentemente eleita pela revista Fortune como "Most Powerfull Woman in Business". Julie Sweet, 53 anos de idade, entrou para a Accenture há cerca de 10 anos, onde fez carreira até chegar ao topo da organização. Segundo a revista Fortune, esta gestora, que na edição de 2019 do prémio se situava em 9ª posição, chegou a primeiro lugar numa fase crucial da economia mundial, tendo a companhia atingido um crescimento de 7% nos lucros do exercício de 2020. A Fortune destaca, no perfil da CEO publicado no site da revista, que a Accenture apoiou os cerca de 1,2 milhões de trabalhadores do sistema nacional de saúde britânico a trabalhar de forma remota durante a pandemia.

Também participam nos speaking slots mais duas mulheres: Nnenna Ilomechina, managing director Accenture Strategy e Natasha Chetiyawardana, fundadora e Creative Partner da Bow & Arrow, parte da Accenture Interactive. Já Yves Bernaert, CEO da Accenture Technology Europe, responsável que gere cerca de 50 mil profissionais na área da tecnologia, participará na mesa redonda "Cloud and Systems: Operating in a new reality", logo no dia de arranque do evento. Emmanuel Viale, managing director da Accenture Technology Labs, estará presente na sessão "Technology innovation: Incubating the future" e Julien Gremillot, Cyber Defense Lead Europe, estará na sessão "Protecting against cyber adversaries". Da parte internacional a companhia conta ainda com as participações de Sanjeev Shukla, Pavan Ganugapati e Laetitia Cailleau da Accenture Europe.

Da equipa portuguesa participam como oradores Bruno Martinho, advisory managing director da Accenture Technology and Strategy, Pedro Pombo, managing director da Accenture Interactive, Nuno Sousa, consulting lead da Accenture Portugal e Paula Fernandes, associate director da Accenture Technology.

100 mil participantes esperados

Lisboa não deixa de ser «a casa da Web Summit», como explicou Paddy Cosgrave, fundador do evento, mas por razões de segurança da saúde pública, acontecerá este ano em moldes diferentes do habitual, desafio este que envolveu a criação de uma plataforma própria que ligará os cerca de 100 mil participantes esperados. Esta plataforma, desenvolvida pela equipa de engenharia de eventos da Web Summit, foi testada no evento Collision, que aconteceu em julho último no Canadá, e será agora aplicada com novas funcionalidades. A ambição de ligar online tantos participantes foi um grande desafio para toda a equipa de engenharia, que já conta com cerca de 40 pessoas e é liderada por dois portugueses.

Apesar de não ter este ano presença física, como habitualmente, na zona do Parque das Nações, em Lisboa, o evento continua a envolver grandes números. São mais de 150 países envolvidos, contando com cerca de 800 oradores, mais 1.250 investidores e cerca de 2.500 startups. O mesmo será acompanhado por mais de dois mil jornalistas que assistirão, tal como a restante audiência, a um novo formato de apresentação online, dividido em quatro tipologias: speaking slots, roundtables, mastersclasses e mentor hours.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de