Tecnologia

Curry Cabral vai ter o primeiro robô cirúrgico do SNS

Fotografia: Arlindo Camacho
Fotografia: Arlindo Camacho

Portugal já tem vários robôs cirúrgicos em unidades privadas, mas o SNS não tinha ainda nenhum, recordou Ana Escoval.

O hospital Curry Cabral, em Lisboa, vai receber o primeiro robô cirúrgico do Serviço Nacional de Saúde, anunciou esta terça-feira a administração do hospital. Segundo a presidente do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC), Ana Escoval, o primeiro robô para cirurgias no SNS foi doado pela Fundação Aga Khan.

Portugal já tem vários robôs cirúrgicos em unidades privadas, mas o SNS não tinha ainda nenhum, como recordou Ana Escoval.

“Em defesa dos doentes, todos temos obrigação de encontrar formas de também apetrechar o SNS (…). Qualquer pessoa, pobre ou rica, no nosso país, que necessite ou seja melhor tratada com uma cirurgia robótica, que nao não deixe de o ser por não ter recursos financeiros”, declarou a administradora do CHLC aos jornalistas, à margem da inauguração da unidade de radiologia de intervenção no Curry Cabral e de uma homenagem ao cirurgião Eduardo Barroso.

Os robôs cirúrgicos são já usados em várias especialidades como substitutos da mão do cirurgião, permitindo maior previsão e cirurgias menos invasivas.

O primeiro robô do SNS ficará no Curry Cabral, onde deverá ser instalado durante o primeiro semestre do ano. De acordo com a administração do hospital, há um grupo de trabalho interno a avaliar quais as especialidades ou doenças que prioritariamente devem beneficiar do robô cirúrgico.

O equipamento, doado pela fundação Aga Khan, terá custado entre três a quatro milhões e meio de euros, segundo a administração do CHLC.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dívida pública está nos 130,3%

Endividamento da economia atinge novo recorde em abril

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José Vieira da Silva, fala perante a Comissão de Trabalho e Segurança Social, na Assembleia da República, em Lisboa, 26 de junho de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Mais 93 mil novas pensões atribuídas até julho

Luís Lima, APEMIP

Imobiliárias temem fuga de clientes com nova lei de combate ao branqueamento

Outros conteúdos GMG
Curry Cabral vai ter o primeiro robô cirúrgico do SNS