Estudo revela que crianças querem fim da fome, do terrorismo e cura para cancro

O estudo "Kids of the World" revela que as crianças de hoje são otimistas e entusiastas sobre as inúmeras possibilidades do futuro .

Acabar com a fome no mundo é o principal problema que as crianças portuguesas querem resolver. Encontrar a cura para o cancro, o fim do terrorismo e resolver o problema do desemprego são outras das preocupações dos mais pequenos no nosso país.

As conclusões são do estudo "Kids of the World" (crianças do mundo, em português) que inquiriu crianças de 30 países com idades compreendidas entre os 6 e os 11 anos de idade. A investigação, da responsabilidade da Viacom Inc, grupo que detém o canal infantil Nickelodeon, a MTV ou a VH1, revela que perto de 90% das crianças inquiridas acreditam que conseguem alcançar tudo se se esforçarem o suficiente.

"Falámos diretamente com milhares de crianças e descobrimos, através do ‘Kids of the World’, que as crianças de hoje são otimistas e entusiastas sobre as inúmeras possibilidades do futuro e que encaram a vida com uma atitude destemida", refere em comunicado a vice-presidente sénior da Global Consumer Insights da Viacom, Christian Kurz.

Leia também: 5 smartphones novos que vai desejar ter este ano

A investigação adianta que 85% das crianças acreditam que é melhor experimentar coisas novas e arriscar cometer erros, do que nunca tentar fazer nada. No top 3 das preocupações à escala global está, em primeiro lugar, o fim das guerras (61%), o fim da fome (58%) e a felicidade no mundo (53%). O estudo esclarece que 76% das crianças inquiridas se considera independente e 90% acreditam ser curiosas e criativas.

Ver televisão e ouvir música são os métodos de entretenimento preferidos na hora de relaxar. Perto de 80% admite utilizar mais do que um dispositivo ao mesmo tempo. A família é referida nos inquéritos como "a fonte número 1" de felicidade das crianças. O apoio, além da família, é sentido através dos amigos e dos animais de estimação.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de