Solidariedade

Fundação Cepsa apoia quatro instituições com 50 mil euros

REUTERS/Sergio Perez/File Photo
REUTERS/Sergio Perez/File Photo

Nos últimos dez anos, esta iniciativa já beneficiou cerca de 43 associações, tendo sido atribuídos mais de 450 mil euros.

A Fundação Cepsa vai doar este ano 50 mil euros para impulsionar iniciativas sociais que favoreçam a inclusão e o bem-estar de grupos ou pessoas desfavorecidas, contemplando quatro instituições portuguesas.

As contempladas este ano serão a Associação de Ajuda ao Recém-Nascido Banco do Bebé, com o projeto de apoio domiciliário “Ser Mais Família”, a Associação Algarvia de Pais e Amigos de Crianças Diminuídas Mentais, com o projeto “Crescer, com sentido(s) – Terapia Multissensorial Snoezelen e Ginásio Sensorial”, a Agência Piaget para o Desenvolvimento (APDES), com o projeto “De pequenino se constrói o caminho” e o Serviço Jesuíta aos Refugiados – Associação Humanitária, com “Especiarias da minha terra – Capacitação socioprofissional de migrantes e refugiados na área de serviço doméstico e cozinha”, indica um comunicado da Fundação divulgado esta segunda-feira.

O projeto da Associação de Ajuda ao Recém-nascido Banco do Bebé é desenvolvido por uma equipa única, multidisciplinar e humanizadora, que é voluntária, alvo de formações contínuas, sendo sempre acompanhada por uma equipa técnica (fisioterapeuta e psicopedagoga), e está disponível 24 horas.

O trabalho da Associação Algarvia de Pais e Amigos de Crianças Diminuídas Mentais tem por objetivo aumentar o número de clientes a usufruir da Terapia Multissensorial Snoezelen, assim como a quantidade de intervenções semanais, através do transporte da sala de Faro para o CAO.

Tendo em conta que em Portugal existem cerca de 8.470 crianças e adolescentes em lares adotivos, o projeto da Agência Piaget visa promover a saúde mental e melhorar a qualidade de vida de crianças e jovens institucionalizados, vítimas de abusos. Para fazer isso, as atividades são realizadas para desenvolver habilidades de autocontrole para lidar com a ansiedade e a agressão e a promoção de relacionamentos interpessoais.

A candidatura do Serviço Jesuíta aos Refugiados destina-se a apoiar 40 imigrantes e/ou refugiados em situação de extrema vulnerabilidade, através do desenvolvimento de um programa de formação facilitado pela JRS Academy (certificada pelo DEGERT), com vista à formação socioprofissional.

Segundo a Fundação Cepsa em Portugal, nos últimos dez anos esta iniciativa já beneficiou cerca de 43 associações, tendo sido atribuídos mais de 450 mil euros para a implementação de projetos de cariz social.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Fundação Cepsa apoia quatro instituições com 50 mil euros