Coronavírus

Governo britânico impede público em eventos desportivos até 15 de agosto

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido. (EPA/PIPPA FOWLES)
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido. (EPA/PIPPA FOWLES)

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou hoje que os eventos desportivos que estavam autorizados a ter público afinal vão decorrer à porta fechada, devido aos últimos surtos da covid-19 na região.

Provas com o Campeonato do Mundo de Snooker, em Sheffield, e as corridas de cavalo na mítica pista de Goodwood, que iriam começar a ter alguns espetadores já durante o próximo fim de semana, vão acontecer à porta fechada, numa nova restrição imposta pelo governo britânico que irá durar, no mínimo, até 15 de agosto.

Em conferência de imprensa, Johnson abordou também a situação da liga inglesa e confessou que antes de outubro será muito difícil voltar a ter público nos estádios.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 673 mil mortos e infetou mais de 17,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.735 pessoas das 51.072 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Governo britânico impede público em eventos desportivos até 15 de agosto