Há 25 anos que os bancos não tinham tão poucos balcões

Segundo dados históricos divulgados esta terça-feira pelo Banco de Portugal, em 25 anos, o setor perdeu quase 15 mil bancários.

Desde 1994 que os bancos a operar em Portugal não tinham tão poucos balcões a funcionar, depois de terem fechado 2.400 agências desde a crise.

O pico de agências bancárias ocorreu em 2010, antes do resgate financeiro do país, com 6.453 agências bancárias a funcionar em todo o país. No final de 2018 existiam 4.054 balcões.

Segundo dados históricos divulgados esta terça-feira pelo Banco de Portugal, em 25 anos, o setor também perdeu quase 15 mil bancários.

Em 1994 - ano em que a banca registou um máximo de número de trabalhadores - o setor empregava 61.512 bancários que compara com 46.791 no final de 2018. O número de agências naquele ano era de 3.595.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de