Isaltino vai voltar a ser investigado pelas Finanças

Isaltino Morais vai enfrentar uma nova investigação. Desta vez, está em causa uma suspeita de fraude fiscal, que será investigada pela Direção de Finanças de Lisboa, noticia o Diário de Notícias.

A decisão de abrir uma nova investigação foi determinada pelo procurador José Cruz, do departamento Central de Investigação e Ação Penal, no despacho de arquivamento do caso "Aldeia do Meco/Mata de Sesimbra".

Segundo o documento, "os valores declarados ao fisco por Florípes Vitória Morais de Almeida (anos de 2004, 2005 e 2006) e por Isaltino Morais (anos de 2003, 2004, e sobretudo 2005) são inferiores aos que decorrem das entradas nas suas contas bancárias pelo que pode estar em causa crime de fraude fiscal".

As suspeitas de corrupção no processo "Aldeia do Meco/Mata de Sesimbra" foram arquivadas, mas a certidão relativa às declarações ao fisco foi enviada para a Direção de Finanças de Lisboa.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de