Liverpool à frente do Madrid no campeonato financeiro

O valor total de mercado dos jogadores do clube inglês, treinado por um alemão, supera, por pouco, o do espanhol, orientado por um italiano. Dia 28, em Paris, há festa na Europa.

Quem é o favorito, do ponto de vista desportivo, do fabuloso duelo entre Liverpool e Real Madrid marcado para dia 28, em Paris, na final da principal competição de clubes do planeta, a Liga dos Campeões? A pergunta suscitará milhares de opiniões, especializadas e amadoras, em todos os idiomas do planeta futebol nos próximos 21 dias. Do ponto de vista financeiro, sempre menos subjetivo, a resposta já pode ser dada: o Liverpool, por pouco.

O valor de mercado dos dois clubes é favorável ao colosso inglês mas o gigante espanhol não está distante. Segundo o site Transfermarkt, a diferença é de 144 milhões de euros. Parece imenso mas não é tanto se atentarmos ao valor global: em teoria, comprar todos os jogadores dos Reds custaria 900 milhões; adquirir o plantel Merengue "apenas" 756 milhões.

O jogador mais caro de cada um dos elencos de estrelas custa exatamente o mesmo: o egípcio Mohamed Salah (Liverpool), já consagradíssimo aos 29 anos, e o brasileiro Vinícius Junior (Real Madrid), um prodígio em ascensão de 21, valem 100 milhões de euros. No mundo, só são superados pelo francês Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain), que vale 160 milhões, pelo norueguês Erling Haaland (Borussia Dortmund), avaliado em 150, e igualados pelo inglês Harry Kane (Tottenham).

O fator que desequilibra a favor do Liverpool por tão pouco são, talvez, a idade - 27,6 de média contra 28 do rival - e a quantidade de internacionais - 20 contra 19 no clube espanhol.

Ganhe quem ganhar, entretanto, a final será sempre uma celebração da variedade cultural, social, económica, geográfica e linguística continental. Parece até uma piada pronta: um inglês (o Liverpool) e um alemão (o treinador Jürgen Klopp) encontram um espanhol (o Real Madrid) e um italiano (o técnico Carlo Ancelotti) num bar francês (o Stade de France). Quem ganha? Para que não falte ninguém à festa, há um português ao barulho - o portuense Diogo Jota, de 25 anos, avaliado em 60 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de