Mais de 49% dos portugueses têm intenções de ser vacinados contra a covid-19

As vacinas contra a covid-19 continuam a dividir os portugueses. Segundo uma nova sondagem, quase um terço afirma ainda não ter confianças nas novas vacinas e perto de um quinto diz estar indeciso.

Após a aprovação pela Agência Europeia do Medicamento à vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Pfizer/BioNTech, a campanha de vacinação arrancará na União Europeia entre os dias 27 a 29 de dezembro.

Com a chegada da vacina a Portugal, o tema da confiança e interesse na administração da vacina continua a dividir os portugueses, conforme revela uma sondagem realizada pela Intercampus para o Negócios e CM/CMTV.

A sondagem avança que 51,2% dos inquiridos dizem ter confiança nas vacinas, mas que quase um terço (30%) afirma não ter confiança. Há ainda 18,7% dos inquiridos que ainda não sabem ou não respondem à pergunta.

Quase metade dos inquiridos (49,3%) tem intenção de ser vacinado. Já um quarto dos portugueses admite não ter intenções de ser vacinado; 26% não sabe ou não responde.

Em relação à obrigatoriedade da vacina, 30% acredita que esta deveria ser obrigatória.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de