Governo

Marcelo aprova novos secretários de Estado. Jamila Madeira de saída

A secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira. TIAGO PETINGA/POOL/LUSA
A secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira. TIAGO PETINGA/POOL/LUSA

Marcelo Rebelo de Sousa aprovou a proposta de exoneração e nomeação de Secretários de Estado, com mudanças na Saúde, Habitação ou Educação.

De acordo com uma nota publicada no site da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa aprovou a proposta apresentada por António Costa para a exoneração e nomeação de secretários de Estado.

Há mudanças em vários ministérios. No caso da Saúde, Jamila Madeira, que até aqui era secretária de Estado Adjunta da Saúde, faz parte da lista de exonerações. Lacerda Sales também figura na lista de exonerações mas para ser nomeado Secretário de Estado Adjunto e da Saúde. Lacerda Sales é licenciado em Medicina, tendo sido médico ortopedista no Hospital de Santo André do Centro Hospitalar de Leiria. Mantém atividade na Clínica de S. Francisco em Leiria e em consultório pessoal.

Lacerda Sales tem sido um dos rostos das conferências de imprensa diárias da DGS ao longo dos últimos meses.

Diogo Serras Lopes é nomeado Secretário de Estado da Saúde. Licenciado em Economia e com frequência do mestrado em Ciência Política, foi jornalista revista Economia Pura. Entre 1999 e 2014 desempenhou várias funções, “incluindo de direção, na área de gestão de ativos em instituições como a MC Fundos, a Santander Asset Management e o Banco Best”, é possível ler na nota biográfica.

Entre maio de 2014 e novembro de 2015 foi técnico superior do Departamento Internacional e de Política Regulatória da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Diogo Serras Lopes desempenhou também funções como adjunto no Gabinete da Secretária de Estado Adjunta do Primeiro-Ministro do XXI Governo Constitucional. Desde abril de 2019 que desempenha funções como vice-presidente na ACSS.

Na Educação, está de saída Susana Amador, que é substituída por Inês Ramires, que já desempenhou funções como Chefe do Gabinete do Ministro da Educação no governo anterior. A nova Secretária de Estado da Educação é jurista, sendo mestre em Direito Público, pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa. Inês Ramires foi consultora na BAS e ainda no Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministro.

Já nas Comunicações, Alberto Souto de Miranda está de saída, dando lugar a Hugo Santos Mendes, que exercia funções como Chefe do Gabinete do Ministro das Infraestruturas e da Habitação desde 2019. Entre 2015 e 2019 foi ainda adjunto do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares e em 2019 adjunto do Ministro das Infraestruturas e da Habitação.

Hugo Santos Mendes foi também assessor da Ministra da Educação nos anos de 2006 a 2009. De seguida exerceu funções como adjunto do Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro entre 2009 e 2011.

Na área da Habitação, Marina Gonçalves é a nova secretária de Estado da Habitação, substituindo Ana Cláudia Pinho. Licenciada em Direito, exerceu atividade como advogada até novembro de 2015, altura em que iniciou funções como assessora do gabinete do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares.

Entre março de 2018 e outubro de 2019 foi Chefe do Gabinete, primeiro no Gabinete do Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares e mais tarde nas Infraestruturas e Habitação. Marina Gonçalves é também vice-presidente do Grupo Parlamentar do Partido Socialista, onde acompanha as áreas da habitação, do trabalho e da segurança social.

A última mudança diz respeito à pasta das Pescas, onde José Apolinário dá lugar a Teresa Coelho. Advogada há 25 anos, exerceu funções de adjunta e chefe de gabinete do Secretário de Estado das Pescas, entre 1996 e 2002, e depois como adjunta do Secretário de Estado da Administração Interna e da Proteção Civil entre 2005 e 2008.

Mais tarde foi adjunta e chefe de gabinete do Secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas, em 2009, subdiretora-geral das Pescas e Aquicultura (2010 a 2012). Foi também diretora do Gabinete de Auditoria Interna da Docapesca, entre 2012 a 2015, e mais tarde presidente do Conselho de Administração da mesma empresa.

A tomada de posse dos novos secretários de Estado está marcada para esta quinta-feira, às 17h45.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

dgs covid portugal coronavirus

Mais cinco mortos e 463 infetados por covid-19 em Portugal

Marcelo aprova novos secretários de Estado. Jamila Madeira de saída