Coronavírus

OMS avisa que pior da pandemia ainda está por vir

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS - Organização Mundial da Saúde. (Christopher Black / OMS/AFP)
Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS - Organização Mundial da Saúde. (Christopher Black / OMS/AFP)

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde afirmou hoje que “o pior ainda está por vir” em relação à covid-19, apontando a politização da pandemia como um fator de divisão aproveitado por um vírus “rápido e assassino”.

No dia em que se assinalam seis meses desde que a OMS recebeu os primeiros relatos sobre casos de pneumonia inexplicados na China, Tedros Ghebreyesus afirmou que “a realidade é que isto ainda está longe de acabar”.

“Globalmente, a pandemia está a acelerar”, ultrapassadas as barreiras de 10 milhões de casos e 500 mil mortos, indicou.

Tratando-se de um vírus “rápido e assassino”, é preciso “evitar as divisões” porque “quaisquer diferenças podem ser exploradas” pelo novo coronavírus, que surgiu em Wuhan, na China, onde a OMS vai enviar “na próxima semana” uma equipa para “compreender como começou e o que se pode fazer no futuro” para o mundo se preparar para lidar com ele.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

OMS avisa que pior da pandemia ainda está por vir