Europeias

Onde votar nas eleições europeias em 2019

Onde votar nas eleições europeias em 2019

Pela primeira vez, nas eleições europeias, no domingo 26 de maio, não será usado o cartão de eleitor, mas sim o de cidadão (o número de eleitor já constava deste documento) ou o Bilhete de Identidade.

Acontece que, na prática, a mudança mais visível será a ordenação dos cadernos, que passa a ser feita por ordem alfabética: cada cidadão terá de procurar a sua mesa de voto pelo primeiro nome, em vez do número de eleitor, o que, em alguns casos, poderá conduzir a mudanças nos locais de voto.

Leia também | Nas próximas eleições já não precisa do número de eleitor. E há mais alterações

Como habitualmente, para saber o local de voto, os eleitores poderão consultar os editais afixados na junta de freguesia e na câmara municipal e, nos 15 dias antes das eleições, também na Internet em ou enviando uma mensagem – gratuita – para o número 3838, com a mensagem “RE (espaço) número de CC/BI (espaço) data de nascimento (ordenada por ano, mês e dia)”: por exemplo, “RE 7424071 19820803”.

Os eleitores elegem 21 eurodeputados nestas Europeias, ou seja, o mesmo número do que nas eleições de 2014. “Nas eleições europeias, todo o território nacional constitui um único círculo eleitoral, o que significa que os cidadãos votam nas mesmas listas de candidatos, independentemente do lugar onde residam”, é uma das dúvidas que os eleitores podem ver esclarecidas no portal das Eleições Europeias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

BCP, Berardo e calúnias. As explicações de Constâncio no inquérito à CGD

Outros conteúdos GMG
Onde votar nas eleições europeias em 2019