PJ fez 70 buscas para investigar fraudes com fundos europeus

A Polícia Judiciária realizou 70 buscas domiciliárias e não domiciliárias na zona Norte do país, para investigar possíveis fraudes na obtenção de fundos europeus.

Conforme avançou o Jornal de Notícias, a PJ divulga, através de comunicado, a informação de que esteve no terreno a realizar 70 buscas, em cidades como Chaves, Porto, Vila Real, Barcelos, Fafe, Braga, Maia, Figueira da Foz e Vila Nova de Famalicão para investigar uma possível fraude na obtenção de fundos europeus.

A PJ dá conta de que estas buscas domiciliárias e não domiciliárias foram feitas em empresas, gabinetes de contabilidade e um escritório de advogados, com a participação de 200 elementos da PJ, no âmbito da operação "Chave Mestra".

"Em causa estão os crimes de fraude na obtenção de subsídio e fraude fiscal, em matéria de fundos europeus, envolvendo 21 projetos de incentivo, no âmbito do Quadro Comunitário, do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) e do MODCOM (Modernização do Comércio), em montante superior a 2.500.000 Euros", indica a PJ.

Foram constituídos 31 arguidos singulares e 20 pessoas coletivas, avança a nota de imprensa.

(atualizado às 13h para incluir comunicado da PJ).

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de