mobilidade

Prevenção Rodoviária defende mais promoção do uso correto das trotinetes

( Jorge Amaral/Global Imagens )
( Jorge Amaral/Global Imagens )

A Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) considerou hoje que a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, autarquias e polícias têm a responsabilidade de promover “a correta utilização” das trotinetes na via pública, que têm um regime idêntico aos das bicicletas.

“O Estado, através da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, as autarquias e as forças de segurança têm a responsabilidade de garantir o cumprimento do que está estabelecido”, disse à agência Lusa o presidente da PRP, José Miguel Trigoso, após ter participado na conferência “Indemnização do Dano Corporal” organizada pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS)

O responsável, que interveio no debate dedicado às “tendências da sinistralidade rodoviária. Sinistralidade urbana. Sinistralidade de peões, ciclistas e outros utentes da estrada. Evoluções nos padrões de segurança dos automóveis”, defendeu que é necessário “promover uma correta utilização” das trotinetes, tendo em conta que este tipo de veículos pode ser “uma boa ajuda à resolução dos problemas de mobilidade urbano”.

José Miguel Trigoso contestou a ideia de quem quer extinguir as trotinetes alegando que “não está nada regulamento”.

No entanto, afirmou que este tipo de veículos está regulamentado com um regime de circulação igual ao das bicicletas.

“As trotinetes têm de cumprir as mesmas normas que os ciclistas. Isso significa que não podem andar no passeio, não podem transportar um passageiro, têm de obrigatoriamente utilizar as ciclovias, quando existem, e têm de cumprir as normas impostas aos ciclistas para circular na estrada”, sublinhou.

José Miguel Trigoso disse que os utilizadores das trotinetes não estão a seguir estas normas, mas “muitos ciclistas também não cumprem”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Prevenção Rodoviária defende mais promoção do uso correto das trotinetes