Itália

Primeiro-ministro italiano anuncia saída, acusa Salvini de “irresponsabilidade”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou hoje a sua demissão, acusando o líder da Liga (extrema-direita), Matteo Salvini, de ter “olhado exclusivamente aos interesses pessoais e do seu partido” ao pôr fim à coligação de Governo em Itália.

“Vou ouvir todas as intervenções e depois irei ao Quirinale para me demitir”, disse Conte num discurso solene no Senado, referindo-se ao palácio presidencial, onde deverá apresentar a demissão ao Presidente, Sergio Mattarella.

Conte acusou Salvini, que é também seu vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, de fazer o país “correr riscos graves”, evocando nomeadamente o risco de uma espiral económica negativa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Trabalhos de descarga de contentores no Porto de Sines, 12 de fevereiro de 2020. TIAGO CANHOTO/LUSA

Exportações com quebra de 17% na primeira metade do ano

Isabel Camarinha, líder da CGTP, fala aos jornalistas após audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, 30 de julho de 2020. (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

CGTP. Governo nega complemento a quem esteve em lay-off sem justificação

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Primeiro-ministro italiano anuncia saída, acusa Salvini de “irresponsabilidade”