Coronavírus

PSD e CDS falam de segunda vaga da pandemia na região de Lisboa

Membros do governo 
ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
Membros do governo ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Presidente da República insistiu que não há "descontrolo" da pandemia no país e na área de Lisboa, garantindo que ninguém estava a esconder os dados.

O PSD e o CDS garantem que alguns especialistas presentes da reunião técnica desta quarta-feira no Infarmed falaram de uma segunda vaga da covid-19 na Região de Lisboa e Vale do Tejo, contrariando o Presidente da República.

“De acordo com os técnicos a situação que estamos a viver na Região de Lisboa e Vale do Tejo (RLVT) é uma representação de uma segunda onda e não apenas e só do aumento da testagem”, afirmou o deputado do PSD, Ricardo Batista Leite, apontando os casos nos concelhos de Sintra, Amadora, Odivelas e Loures e que, no entender do dirigente social-democrata, “é uma situação que carece de atenção”.

No mesmo sentido, o líder do CDS-PP apontou para uma segunda vaga. “Depois desta sessão, o CDS apela ao Governo que não tente encontrar explicações implausíveis na Região de Lisboa e Vale do Tejo e que na opinião de alguns especialistas pode representar uma segunda vaga”, afirmou.

Questionado sobre a contradição com as afirmações do Presidente da República, José Rodrigues dos Santos garantiu que “não vamos martelar os números”, frisou.

Pouco antes, no mesmo local, Marcelo Rebelo de Sousa tinha garantido que os números estão a ser comunicados com “transparência” e “verdade”. “Não guardamos números por conveniência de ter cá a Champions”, referiu, reconhecendo que ainda que há “muitas perguntas sem respostas”, quando questionado sobre o papel dos supertransmissores (pessoas com maior capacidade de passar o vírus).

De acordo com os dados divulgados esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde, a Região de Lisboa e Vale do Tejo (RLVT) registou 82,2% dos 367 novos casos de infeção, no dia em que, em números totais de infeções, esta região ultrapassou o Norte do país.

A RLVT teve mais 302 novos casos (82,2%), o Centro mais 28 casos (7,6%), o Algarve mais 16 (4,3%), o Norte mais 10 (2,7%), o Alentejo mais nove infeções (2,4%) e os Açores dois novos casos (0,5%).

Notícia atualizada às 15H15

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

PSD e CDS falam de segunda vaga da pandemia na região de Lisboa