Coronavírus

Mais de mil estabelecimentos fechados e 54 pessoas detidas por desobediência

GNR em Ovar 
EPA/ESTELA SILVA
GNR em Ovar EPA/ESTELA SILVA

O número total de pessoas detidas por desobediência às normas do estado de emergência subiu para 54 e são já mais de mil estabelecimentos fechados.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) informou que até ‪às 18h00 desta quinta-feira já foram detidas 54 pessoas por crime de desobediência, “designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência”.

Em comunicado, é ainda indicado que no mesmo período, foram encerrados 1031 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

Estas detenções e encerramentos acontecem pelas determinações do Decreto que regulamenta o estado de emergência em Portugal. Desde ‪as 00h do dia 22 de março que a GNR e a PSP têm, assim, “vindo a desenvolver, uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população”.

“O Ministério da Administração Interna reitera o apelo a todos os cidadãos para o escrupuloso cumprimento das medidas impostas pelo estado de emergência, contribuindo assim para conter a propagação da pandemia”, é ainda explicado no comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, e Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

EPA/Enric Fontcuberta

Mais de 100 mil recibos verdes candidataram-se ao apoio à redução da atividade

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Mais de mil estabelecimentos fechados e 54 pessoas detidas por desobediência