Trump quer adiar eleições presidenciais, mas não depende dele

Donald Trump voltou a utilizar o Twitter para fazer anúncios relevantes. Desta vez deixa a hipótese e claro desejo das eleições presidenciais de novembro serem adiadas por alegados riscos de fraude ligadas à pandemia de covid-19.

"Com o voto por correspondência 2020 terá as eleições mais inexatas e fraudulentas da história", escreveu Trump na rede social Twitter. "Será uma verdadeira vergonha para os Estados Unidos. Adiar as eleições até que as pessoas possam votar normalmente, com toda a segurança?", acrescentou.

Veja mais aqui

O tweet foi publicado instantes após se saber que os EUA entraram oficialmente em recessão para valores históricos e inéditos, num altura em que as sondagens dão vantagem a Joe Biden. De acordo com as primeiras estimativas do Departamento do Comércio dos Estados Unidos, a economia norte-americana caiu 32,9% em ritmo anualizado no segundo trimestre devido à pandemia de covid-19, naquele que foi o segundo trimestre consecutivo em queda.

No entanto, o desejo de Trump parece pouco provável de levar a alterações. As eleições presidenciais, de acordo com a legislação em vigor, têm de ser realizadas na primeira terça-feira de novembro e só é possível alterar a lei através de uma iniciativa do Congresso, cuja câmara é controlada pelos democratas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de