"Quero emigrar na Europa. Onde posso encontrar oportunidades na área de cuidados de saúde?"

Procura emprego fora de Portugal? Sempre sonhou ter uma experiência numa capital europeia? Gostava de aprender a explorar os novos mercados africanos? Ou simplesmente quer alargar o seu portefólio de clientes a empresas estrangeiras?

Siga o Dinheiro Vivo no Facebook e receba diariamente todas as novidades de emprego

Questão: Trabalho na área de cuidados a idosos há alguns anos. Pretendia emigrar para a Europa pois, pelo que sei, é uma profissão bem remunerada. Tenho conhecimentos da língua inglesa. Onde posso encontrar oportunidades nesta área? Leitor não identificado

Envie-nos as suas questões. O nosso guru responde uma por dia

Resposta: Na pergunta não refere se tem algum tipo de formação, técnica ou académica, na área da Saúde. Se não possui nenhum tipo de diploma, encontrar um trabalho dentro da área pode ser possível, mas o salário vai ser mais baixo do que o de um profissional formado.

A maioria dos técnicos de cuidados e assistência que pretendem emigrar opta pela inscrição em agências de recrutamento internacionais, como a Best Personel. Estas agências, que procuram diversos funcionários para clinícas, hospitais e centros de cuidados paliativos, têm "dias abertos" em que explicam onde e para onde estão a recrutar e oferecem também cursos de linguas do país de destino. Este calendário, bem como os contactos, estão disponíveis aqui.

Esta é a maneira mais fácil, porque a agência em questão trata de todos os documentos necessários para exercer funções noutro país, mas se pretende procurar um emprego directamente, sem intermediários, existem centenas de sites dedicados a empregos na área dos cuidados a idosos, especialmente, e como referiu que fala inglês, no Reino Unido.

Exemplos seriam o Care UK ou o All Care Jobs. No caso específico de querer ir trabalhar para Londres, o London Care.

Os enfermeiros são quem tem mais facilidade a aceder a estes empregos, mas ainda assim, se não for através de uma agência, lembre-se que, diplomada ou não e com ou sem experiência, terá quase sempre de se inscrever numa associação, como a Nursing and Midwifery Council.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de