Marcas que Marcam

A maior variedade a preços baixos

A área alimentar gerou vendas históricas de quatro mil milhões de euros. Fotografia: D.R.
A área alimentar gerou vendas históricas de quatro mil milhões de euros. Fotografia: D.R.

Apesar de diferentes, há aspetos que são comuns a todas as famílias, como a procura pelos melhores produtos, aos melhores preços.

O Continente faz parte da vida dos portugueses há mais de 30 anos. São três décadas a apresentar a maior variedade de produtos ao melhor preço para assim facilitar a vida das famílias, uma missão celebrada na campanha de publicidade “Preço”, que já chegou a casa dos portugueses.

Apesar de diferentes, há aspetos que são comuns a todas as famílias, como a procura pelos melhores produtos aos melhores preços. Ao mesmo tempo, o cliente também pretende encontrar conveniência e, preferencialmente, ter tudo o que precisa no mesmo local.

Nesta nova campanha ouvimos, em discurso direto, a experiência de compra de alguns clientes que já sabem disto há muito. Uma mãe trabalhadora que não tem tempo para andar a comprar uma coisa num sítio e outra noutro. Um casal de avós que quer dar o melhor aos netos. Um pai que adora preços baixos e ainda mais de uma boa promoção. Todos eles sabem que no Continente encontram a maior variedade de preços mais baixos e ainda as melhores promoções.

Esta é uma campanha integrada e multi meios que marca presença na televisão, rádio, pontos de venda e ainda no digital. Desta vez o cenário do enredo é o interior da loja Continente, local eleito pelos clientes para encontrar a solução para tudo o que precisam e ‘Tudo Aos Preços Mais Baixos’, traduzindo proposta de valor do Continente.

Saiba mais aqui!

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Samsung Fold

Samsung lança o smartphone dobrável Fold por 2 mil euros

O presidente dos CTT, Francisco de Lacerda, durante a apresentação dos resultados de 2018 da empresa, na sede dos CTT em Lisboa, 20 de fevereiro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Lucros dos CTT recuam 28% para 19,6 milhões

O presidente dos CTT, Francisco de Lacerda, durante a apresentação dos resultados de 2018 da empresa, na sede dos CTT em Lisboa, 20 de fevereiro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Lucros dos CTT recuam 28% para 19,6 milhões

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
A maior variedade a preços baixos