Heróis PME

Altronix vence prémio que distingue as melhores PME nacionais

Gala final Herois das PME Yunit Consulting, na Camara de Comércio e Industria Portuguesa em Lisboa.

( Álvaro Isidoro / Global Imagens )
Gala final Herois das PME Yunit Consulting, na Camara de Comércio e Industria Portuguesa em Lisboa. ( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

3ª edição do prémio Heróis PME recebeu mais de 50 candidaturas. Dez empresas chegaram à fase final, e a vencedora foi uma empresa especializada em etiquetas e codificação de produtos.

A Altronix foi a grande vencedora da 3ª edição do Heróis PME, um projeto da Yunit Consulting, em parceria com o Dinheiro Vivo e a TSF. O galardão foi recebido na gala final de entrega de prémios, que decorreu na passada terça-feira, na Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, em Lisboa. O Heróis PME voltou a revelar as histórias de empresas portuguesas que “deram o salto” e se tornaram geradoras de riqueza e emprego, em Portugal e no estrangeiro. Nas mais de 50 empresas que concorreram nesta edição, encontramos um denominador comum: um exemplo de coragem e superação.

É difícil ficar indiferente ao percurso de resiliência de Rui Fonseca, CEO da PME vencedora, especialista em produção de etiquetas e codificação de produtos. Com sede na Trofa, a Altronix começou a comercializar etiquetas em 2004, e em 2012 “deu o salto” para se tornar uma empresa com produção própria. Hoje, vende mais de 350 milhões de etiquetas por ano a clientes nacionais e no estrangeiro, e tem escritórios em Madrid e Vigo. Para o vencedor da 3ª edição Heróis PME, o segredo está na consistência e no sentido de perspetiva. “Tudo demora tempo”, confessou o empresário ao Dinheiro Vivo, enquanto a perspetiva permite “ver mais e mais longe do que os outros”. Além disso, acrescenta, é preciso “ter as pessoas certas, no lugar certo, com a motivação certa”.

“Todas as histórias valem a pena contar”, sublinhou Joana Petiz, subdiretora do Dinheiro Vivo, que abriu o encontro. Juntaram-se no pódio a Casa dos Reclamos – uma PME especialista em produção e impressão de publicidade com mais de 30 anos – e a Readiness IT, que cria soluções tecnológicas e digitais na área das telecomunicações. A Do It Lean , Sysdev, Óculos para Todos, FeelsLikeHome, BoatCenter, IfThenPay e a Adão Oculista, também fizeram parte das dez empresas finalistas do prémio.

A acompanhar o concurso, a Yunit e a Victoria Seguros promoveram debates sobre o presente e o futuro das PME, abordando temas como a gestão de talento, inovação e transformação digital. Bernardo Maciel, CEO da Yunit, revela que as PME portuguesas “estão cada vez mais preocupadas em saber o que as pode tornar mais eficientes no mercado”. É fundamental criar “soluções à medida”, ajudando-as a ter sucesso e a continuar a crescer.

“Ser considerado Herói PME nacional é gratificante, mas também se deve a uma grande equipa de pessoas que fazem acontecer”, sublinhou Rui Fonseca. Todas as empresas finalistas vão poder divulgar a sua história nos canais digitais da Yunit, TSF e Dinheiro Vivo. A Altronix terá um spot publicitário na TSF durante 15 dias, tendo mais uma oportunidade para dar a conhecer o seu segredo para o sucesso.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Felipe VI, rei de Espanha

Sem acordo para governo, Espanha pode ir de novo a eleições em novembro

Felipe VI, rei de Espanha

Sem acordo para governo, Espanha pode ir de novo a eleições em novembro

Pedro Amaral Jorge, presidente da APREN
(João Silva/Global Imagens)

APREN. Renováveis contribuem com 15 mil milhões de euros para o PIB

Outros conteúdos GMG
Altronix vence prémio que distingue as melhores PME nacionais