Tecnologia

Consórcio de universidades desenvolve aplicação para migrantes e refugiados

smartphone
Fonte: Pixabay

A 7Ling é uma aplicação multilingue para migrantes e refugiados, desenvolvida por um consórcio de 12 universidades europeias e egípcias.

A aplicação 7Ling, desenvolvida por um consórcio onde está integrada a Universidade de Coimbra, destina-se a migrantes e refugiados, disponibilizando a aprendizagem de diversas línguas: alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e português. É ainda disponibilizada a tradução em árabe.

A aplicação, que está disponível para Android e iOS, é gratuita e foi desenvolvida no âmbito do projeto XCELING, indica a Universidade de Coimbra em comunicado. Este projeto, que representa “Towards Excellence in Applied Linguistics. Innovative Second Language Education in Egipt” pretende desenvolver a capacitação do Egito na área do ensino de línguas estrangeiras.

O XCELING é financiado pelo programa europeu Erasmus+ e assenta em três dimensões principais: o ensino, aprendizagem e extensão à comunidade, através de formação de formadores, educação pré-doutoramento e criação de materiais de ensino de livre acesso. “É precisamente nesta última dimensão que se enquadra esta app gratuita de apoio à aprendizagem de línguas estrangeiras por pessoas em situação de desvantagem social», explica Cristina Martins, docente da Faculdade de Letras da UC e coordenadora da equipa portuguesa no projeto.

Assim, é possível “oferecer a migrantes e refugiados, entre outros, a possibilidade de aprender alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e português. Inclui ainda traduções em árabe, para corresponder às necessidades dos utilizadores que conheçam esta língua. É uma aplicação que se apresenta como uma ferramenta ao serviço da aprendizagem de línguas, num momento em que, com a crise sanitária, se torna particularmente relevante o apoio à educação virtual”, destaca a investigadora do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada da Universidade de Coimbra.

A aplicação está dividida em temáticas, ensinando expressões e palavras que podem ser usados em vários contextos, como situações de compras, procura de alojamento ou emprego ou no médico, por exemplo.

Além da Universidade de Coimbra, integram o consórcio a Universidade de Salamanca, Universidade de Bolonha, Universidade de Heidelberg, Universidade de Poitiers, Trinity College Dublin, Universidade de Alexandria, Universidade do Cairo, Universidade de Helwan, Universidade de Pharos, Universidade de Minia e Universidade de Luxor.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Nazaré Costa Cabral, presidente do Conselho de Finanças Públicas. (João Silva / Global Imagens)

Cenário severo em 2020. Défice nos 9%, dívida em 142%, desemprego nos 13%

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Apoios à TAP formalizados “em breve” depois de consultas com Bruxelas

Foto: Fábio Poço/Global Imagens)

Costa promete linha para converter AL em arrendamento para jovens

Consórcio de universidades desenvolve aplicação para migrantes e refugiados