Fjord Trends 2018

Direto: Fundador da Fjord apresenta tendências do design e inovação

Mark Curtis, co-fundador da Fjord
Mark Curtis, co-fundador da Fjord

Acompanhe em direto a partir das 9:30 desta quarta-feira a iniciativa da Accenture Digital Design & Innovation at the Heart, um momento de reflexão sobre a evolução do design e da inovação e o seu impacto nas organizações e na sociedade. Às 10:40 poderá assistir à intervenção de Mark Curtis, co-fundador da Fjord.

[jwplayer_stream url=’https://d1qtgbcz7vcanp.cloudfront.net/hls-live/livepkgr/_definst_/liveevent/livestream3.m3u8′]

A manhã estará centrada na apresentação do “Fjord Trends 2018- Visão de futuro sobre os negócios, tecnologia e design”, um estudo anual que identifica e descreve as tendências de futuro na área digital que vão marcar as nossas vidas, os negócios e a sociedade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O ministro das Finanças, Mário Centeno (C), acompanhado pelos secretários de Estado, da Administração e do Emprego Público, Maria de Fátima Fonseca (E), dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes (2-E), do Orçamento, João Leão (2-D), e do Tesouro, Álvaro Novo (D), fala durante conferência de imprensa sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), realizada no Salão Nobre do Ministério das Finanças, em Lisboa, 16 de outubro de 2018. Na proposta de OE2019, o Governo estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% no próximo ano, uma taxa de desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 118,5% do PIB. No documento, o executivo mantém a estimativa de défice orçamental de 0,2% do PIB no próximo ano e de 0,7% do PIB este ano. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Conheça as principais medidas do Orçamento do Estado para 2019

O ministro das Finanças, Mário Centeno (C), acompanhado pelos secretários de Estado, dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes (E), do Orçamento, João Leão (2-D), e o Adjunto e das Finanças, Ricardo Mourinho Félix (D), fala durante conferência de imprensa sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), realizada no Salão Nobre do Ministério das Finanças, em Lisboa, 16 de outubro de 2018. Na proposta de OE2019, o Governo estima um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,2% no próximo ano, uma taxa de desemprego de 6,3% e uma redução da dívida pública para 118,5% do PIB. No documento, o executivo mantém a estimativa de défice orçamental de 0,2% do PIB no próximo ano e de 0,7% do PIB este ano. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Dos partidos aos sindicatos, passando pelo PR, as reações ao OE 2019

Outros conteúdos GMG
Direto: Fundador da Fjord apresenta tendências do design e inovação