Conferência

Futuro do Euro em discussão no campus de Carcavelos da Nova SBE

Painel

O Economia Viva é o maior ciclo de conferências sobre Economia organizado por alunos em Portugal.

Decorreu esta quinta-feira o terceiro dia do Economia Viva, evento promovido pelo Nova Economics Club e pela Nova Students’ Union, no campus de Carcavelos da Nova SBE.

Já na 4.ª edição, o Economia Viva é o maior ciclo de conferências sobre Economia organizado por alunos em Portugal. O evento decorrer durante uma semana, na qual pelo menos uma temática de relevância nacional e internacional diferente é debatida diariamente entre académicos, especialistas de vários setores, políticos e alunos. O principal objetivo desta iniciativa é proporcionar aos alunos um complemento à sua formação académica.

A abertura da sessão de hoje contou com a presença de Ana Fontoura Gouveia, Membro da Divisão de Estudos Estruturais e Finanças Públicas no Banco de Portugal, Francisco Seixas da Costa, ex-secretário de Estado dos Assuntos Europeus e Johannes Lindner, Diretor da Divisão das Instituições da União Europeia no Banco Central Europeu, no Painel “What’s Next for the Euro”, com a moderação de Nuno Aguiar.

“Este ano estamos, uma vez mais, a seguir o caminho de sucesso que as edições passadas traçaram, perpetuando o Economia Viva como um dos mais importantes eventos sobre economia, organizado por estudantes no nosso país”, afirmou Gonçalo Mendes, vice-presidente do Nova Economics Club.

Ana Fontoura Gouveia realçou durante a sessão que “o objetivo da Europa deve ser a prosperidade partilhada, implicando assim duas grandes questões: a necessidade de uma maior partilha de informação entre os países da União Europeia e os benefícios serem partilhados equitativamente”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal  Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Mário Vaz. “Havendo frequências, em julho teríamos cidades 5G”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Futuro do Euro em discussão no campus de Carcavelos da Nova SBE