Heróis PME

Preços baixos, diferenciação e capacitação são desafios da agroindústria

Agricultura

Em mais um encontro Heróis PME, promovido pela Yunit Consulting, discutiram-se os principais obstáculos e oportunidades de um setor que tem vindo a modernizar-se ao longo dos últimos anos.

O tema foi a chegada da Agroindústria 4.0 e o local não podia fazer mais sentido – o Centro Nacional de Exposições (CNEMA), em Santarém, onde todos os anos se realiza a Feira Nacional de Agricultura, a maior em Portugal. À mesa sentaram-se, para o V Encontro Yunit/Heróis PME, Célia Esteves (Yunit Consulting), João Coimbra (Agromais), Jorge Soares (Campotec) e João Alves Pereira (Grow to Green), que refletiram sobre desafios e oportunidades da digitalização, modernização e capacitação.

Estão as PME portuguesas num bom caminho? O responsável pela associação de produtores Agromais acredita que “estamos num país de polos opostos, temos a agricultura mais avançada do mundo, mas também a mais atrasada”, pela diferença entre produções de subsistência e projetos de grande dimensão.

Sentado a seu lado, João Alves Pereira representa uma nova forma de fazer agricultura. A utilização da tecnologia e da ciência para fomentar o indoor farming tem permitido à Grow to Green desenvolver soluções para produzir qualquer tipo de plantas em câmaras climáticas, o que permite a “ausência total de pesticidas, contagem muito baixa de bactérias” e uma extensa “longevidade em prateleira”. O maior desafio, no entanto, garante ser a “energia, que é o nosso maior custo”.

Em comum, a associação e as empresas têm o objetivo de potenciar o setor e apostar na diferenciação. “Percebemos que havia uma oportunidade no caminho da diferenciação”, adiantou Jorge Soares, concretizando com o exemplo da aposta na “quarta gama”. É um segmento de mercado em crescimento que deve, segundo os intervenientes, ser aproveitado pelas empresas. Além disso, o reforço na investigação, que leva à diferenciação dos produtos, pode ser uma forma de “resistir a uma baixa de preços constante”, como defende João Coimbra.

É neste tipo de capacitação e apoio técnico que entra a Yunit Consulting. A consultora ajuda a “capacitar as empresas” no que diz respeito à aposta em I&D e investimentos. No fundo, reforça Célia Esteves, pretende dar-se “ferramentas que ajudem os agricultores a fazer mais e melhor”, uma ideia que merece concordância de João Coimbra. “A maioria dos agricultores vão ser só especialistas porque temos de ser os melhores do mundo” para vingar nos mercados nacional e internacional.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(TIAGO PETINGA/LUSA)

Procuram-se especialistas para indústria em alto voo

LISBOA, 02/05/2019  - Convidado do programa “A Vida do Dinheiro” - António Bernardo
(João Silva/Global Imagens)

António Bernardo: “O modelo económico e social europeu é um modelo de futuro”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Preços baixos, diferenciação e capacitação são desafios da agroindústria