Transporte público

Estónia, o primeiro país com transporte público gratuito

Tallinn, Estonia - a primeira capital do mundo a oferecer aos moradores transporte público gratuito
Tallinn, Estonia - a primeira capital do mundo a oferecer aos moradores transporte público gratuito

Iniciativa governamental faz da Estónia o primeiro país do mundo a introduzir o transporte público gratuito quase em todo o seu território

Os autocarros operam no horário previsto, os novos são elétricos, modernos e brilhantes e os passageiros vão quase sempre sentados. Em muitas cidades do mundo isto já seria o suficiente para surpreender qualquer visitante, mas Tallinn, capital da Estónia, inclui mais uma surpresa, os transportes públicos são gratuitos.

Os habitantes locais não são obrigados a comprar um bilhete ou um passe para utilizar o transporte público desde 2013. Há seis anos a cidade tornou-se na primeira capital do mundo a oferecer aos moradores o transporte público gratuito. A Estónia, como um todo, tem seguido o exemplo da sua capital, e no ano passado estabeleceu a ambição de se tornar o primeiro país a comportar uma rede de transporte público gratuito. Atualmente, há autocarros e metro gratuito em 11 de seus 15 municípios.

O governo local teve a ideia do transporte gratuito após a crise financeira de 2008. A Estónia foi fortemente atingida e, embora a cidade já pagasse mais de 70% dos custos de transporte público, os preços dos bilhetes ainda eram altos demais para os moradores mais pobres. O congestionamento também se tornou um problema. Desde que o país conquistou a independência em 1991, as taxas associadas ao crédito automóvel duplicaram.

A iniciativa que está perto de ficar completa por todo o território faz da Estónia o primeiro país do mundo a introduzir o transporte público gratuito em quase todo o seu território e com um sistema organizado, moderno “e que funciona”.

O ministro de assuntos económicos da Estónia, Kadri Simson, disse recentemente ao The Economist que o transporte gratuito facilita a mobilidade das pessoas com menos posses, mas é para servir todos e evitar o uso do carro. Nos próximos meses, o pequeno estado báltico

Veja também a nossa reportagem sobre Estónia, como o país mais digital do mundo: Estónia. Uma pequena grande sociedade digital

Entrevista à primeira-ministra da Estónia sobre o voto eletrónico praticado no país: Estónia. “O voto eletrónico traz igualdade mas (ainda) não é para todos”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: José Carmo/Global Imagens

ISEG estima queda do PIB entre 8% e 10% este ano

António Mota, fundador da Mota-Engil. Fotografia: D.R.

Mota-Engil é a única portuguesa entre as 100 maiores cotadas do setor

António Rios Amorim, CEO da Corticeira Amorim. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Lucros da Corticeira Amorim caíram 15,1% para 34,3 milhões no primeiro semestre

Estónia, o primeiro país com transporte público gratuito