Itália

Moscovici classifica de “grotesco” episódio do sapato italiano

A carregar player...

Num texto divulgado na rede social Twitter, o Comissário Europeu alerta para os perigos de um dia "acordarmos com o fascismo".

O Comissário Europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros classificou de “grotesco” o episódio do sapato made in Italy protagonizado, ontem, pelo eurodeputado italiano Angelo Ciocca. O parlamentar, eleito pelo partido eurocético de extrema-direita Liga do Norte, pisou os apontamento do comissário pouco depois de ter anunciado que Roma tem três semanas para reformular o Orçamento do próximo ano.

O Comissário para os Assuntos Económicos aparenta ficar incrédulo e tenta reaver os documentos, mas sem sucesso. Esta manhã, Pierre Moscovici utilizou a rede social Twitter para responder ao que aconteceu.

“O episódio do ‘sapato made in Italy‘ é grotesco. De início, sorrimos e banalizamos porque é ridículo, depois acostumamo-nos à monotonia da violência simbólica e um dia acordamos com fascismo. Temos que ficar vigilantes! A democracia é um tesouro frágil”, escreveu Moscovici esta manhã.

O vídeo do momento em que o eurodeputado “pisa” os apontamento de Moscovici foi partilhado pelo próprio Angelo Ciocca nas redes sociais, referindo que “Itália merece respeito e os ‘euroimbecis’ têm de o entender”. “Não baixamos a cabeça. Fiz o correto?”, questiona. Ainda na legenda do vídeo, destaca o facto de ter usado um sapato “made in Italy”.

O governo italiano garante, no entanto, que não volta atrás nos planos orçamentais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Moscovici classifica de “grotesco” episódio do sapato italiano