Brexit

Brexit: Reino Unido e UE chegam finalmente a acordo

Dominic Raab, secretário de Estado para a saída da União Europeia, à direita. Londres, 13 de novembro de 2018. EPA/NEIL HALL
Dominic Raab, secretário de Estado para a saída da União Europeia, à direita. Londres, 13 de novembro de 2018. EPA/NEIL HALL

O documento será avaliado esta quarta-feira de manhã num conselho de ministros do governo britânico, noticiou esta terça-feira a BBC.

O texto para o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia foi concluído e será avaliado na quarta-feira de manhã num conselho de ministros do governo britânico, noticiou esta terça-feira a BBC.

Uma fonte do governo disse à BBC que o texto foi fechado a nível técnico por elementos de ambos os lados e que agora terá de ser aprovado a nível político.

O texto culmina cerca de dois anos de negociações, que nos últimos dias se têm prolongado pela noite e madrugada.

A estação pública irlandesa RTE avançar que foi ultrapassado o impasse sobre a fronteira entre o território britânico da Irlanda do Norte e a República da Irlanda, Estado membro da UE, para evitar a introdução de controlos alfandegários.

Em causa estava encontrar uma solução para a eventualidade de a relação futura entre o Reino Unido e o bloco não estar definida até ao final do período de transição, em dezembro de 2020, sem afetar a livre circulação de pessoas e mercadorias.

O “rascunho do acordo” de saída do Reino Unido da União Europeia vai ser avaliado na quarta-feira num conselho de ministros, “para decidir os próximos passos”, anunciou um porta-voz da primeira-ministra, Theresa May.

Porém, no governo existem algumas vozes críticas sobre as soluções que estavam em cima da mesa e sobre o potencial impacto em termos de obrigar o Reino Unido a cumprir normas europeias por tempo indefinido e sem poderem intervir.

Na sexta-feira, o secretário de Estado dos Transportes, Jo Johnson, demitiu-se por discordar com o que qualificou uma alternativa entre “vassalagem ou caos”, e apelou a um novo referendo.

Depois de ser eventualmente aprovado pelo governo, um Conselho Europeu deverá ser convocado para formalizar o acordo, que terá depois de ser votado pelo parlamento britânico e também pelo Parlamento Europeu.

“O conselho de ministros vai reunir-se às 14:00 horas de amanhã [quarta-feira] para apreciar o rascunho do acordo que as equipas negociadoras alcançaram em Bruxelas e para decidir os próximos passos”, adiantou.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
fitch rating dívida riscos políticos

Taxa de juro da nova dívida cai para mínimo histórico de 1,8% em 2018

Fotografia: REUTERS/ Carlos Barria

China põe marcas de luxo a bater recordes

notas

Crédito cresce nas famílias mas ainda encolhe nas empresas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Brexit: Reino Unido e UE chegam finalmente a acordo