estados unidos

EUA sancionam empresas russa e chinesa por violarem embargo a Pyongyang

O Tesouro norte-americano anunciou sanções financeiras contra duas empresas, uma russa e outra chinesa.

O Tesouro norte-americano anunciou hoje sanções financeiras contra duas empresas, uma russa e outra chinesa, por terem continuado as relações comerciais com a Coreia do Norte, apesar do embargo a Pyongyang.

O grupo chinês Dalian Sun Moon Star International Logistics Trading e a sua filial de Singapura foram acusados de exportar álcool e cigarros para a Coreia do Norte, falsificando os documentos de entrega.

A empresa russa Profinet e o seu diretor-geral foram igualmente sancionados por terem fornecido serviços portuários a navios norte-coreanos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves. (ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

TAP compromete-se a “adicionar e ajustar planos de rota”

O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Costa. Lay-off deve deixar de ser fator de perda de rendimento

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

1356 mortos e 31292 casos confirmados de covid-19 em Portugal

EUA sancionam empresas russa e chinesa por violarem embargo a Pyongyang