Mónaco

A cidade com mais milionários da Europa está lotada

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O Mónaco é a cidade com mais ricos per capita da Europa. Atualmente, mais de 30% dos 38 mil residentes no Mónaco são milionários.

É a cidade com mais milionários por metro quadrado da Europa, de acordo com o ranking da WealthInsights. Uma em cada três pessoas que vive no Mónaco é milionária. O pequeno principado no sul de França é a segunda cidade mais pequena do mundo e a com mais ricos da Europa per capita.

Um dos principais motivos desta concentração de milionários é o facto de o país ser um paraíso fiscal. “Não há impostos sobre o rendimento nem sobre as empresas e esta é a principal razão pela qual encontramos pessoas que desejam mudar-se para aqui. A outra coisa é simplesmente, o estilo de vida”, esclareceu à BBC o responsável de consultoria de riqueza da agência, Oliver Williams.

Leia também: 102 viagens que todos devemos fazer uma vez na vida

A vida de luxo na cidade é visível através dos carros topo de gama, dos iates e dos helicópteros que são o transporte preferido para viagens de curta distância, substituindo o táxi. O preço das casas é um dos mais caros do mercado imobiliário mundial: o metro quadrado custa entre os 53 mil e os 100 mil euros.

Estima-se que até 2026 haja mais de 16 mil milionários no principado francês. Atualmente, mais de 30% dos 38 mil residentes no Mónaco são milionários e a cidade está lotada. De forma a dar resposta a este problema, o príncipe Alberto II do Mónaco aprovou um projeto que visa a extensão urbana da cidade. Está previsto o aumento do porto, com capacidade para albergar 30 navios e novos edifícios urbanos com espaço para 120 habitações de luxo, com o valor de 75 mil euros por metro quadrado.

Leia também: As 13 cidades mais baratas da Europa para um fim de semana

Este projeto, que custará quase dois mil milhões de euros, pretende aumentar a cidade em 15 acres, o equivalente a 60702.9 metros quadrados (atualmente a cidade tem 500 acres). A operação deverá durar 40 meses.

Os especialistas ambientais já alertaram para os perigos desta extensão urbana, que irá ter impacto na vida marinha, eliminando várias espécies de animais e plantas que ficarão sem o seu habitat.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

“Temos de ser cuidadosos em relação à dívida, no longo prazo ela terá de descer”

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Governo aposta no clima e competências para recuperação – mas sem empréstimos

A cidade com mais milionários da Europa está lotada