Grécia

Grécia: Tesouro coloca 1.300ME a juros inferiores

Fotografia: Alexandros Vlachos / EPA
Fotografia: Alexandros Vlachos / EPA

A Grécia colocou hoje 1.300 milhões de euros de dívida pública a três meses a uma taxa de juro de 1,60%.

A Grécia colocou esta quarta-feira 1.300 milhões de euros de dívida pública a três meses a uma taxa de juro de 1,60%, inferior à de 1,75% do anterior leilão comparável em 06 de dezembro, foi anunciado.

Segundo a Autoridade de Gestão da dívida Pública Grega (PDMA), a procura foi de 1.872 milhões de euros, 1,87 vezes a oferta inicial de 1.000 milhões de euros, refletindo um aumento do interesse dos investidores em relação ao leilão anterior (1,72 vezes) em 06 de dezembro.

Depois de em 25 de julho último a Grécia ter emitido dívida a cinco anos na primeira ida aos mercados financeiros em três anos, a taxa de juro tem descido progressivamente em simultâneo com um aumento da procura.

A Grécia tem um limite global máximo de dívida de curto prazo, de 15.000 milhões de euros, que foi atingido em 2014, pelo que só pode colocar no mercado títulos na mesma quantidade dos que vencem.

Antes de concluir o programa de resgate, em agosto de 2018, o Governo grego propôs-se ainda lançar várias emissões nos mercados, podendo a próxima, segundo os meios gregos, ocorrer em finais de janeiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, fala perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

Constâncio: Risco para a estabilidade no crédito a Berardo era “problema da CGD”

Outros conteúdos GMG
Grécia: Tesouro coloca 1.300ME a juros inferiores