Macau

Hong Kong, Zhuhai e Macau iniciam testes à maior ponte do mundo

Foto: D.R.
Foto: D.R.

A estrutura principal da ponte mede 29,6 quilómetros, com uma secção em ponte de 22,9 quilómetros e um túnel subaquático de 6,7 quilómetros.

As autoridades do interior da China, Hong Kong e Macau vão iniciar na sexta-feira testes para procederem à abertura da maior travessia marítima do mundo, anunciou esta quinta-feira o Governo de Macau.

De acordo com um comunicado divulgado esta quinta-feira pela Direção dos Serviço para os Assuntos de Tráfego de Macau, os testes à Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, que começam na sexta-feira e prolongam-se durante o fim de semana, vão focar-se no funcionamento dos postos fronteiriços entre as três regiões. A abertura da maior travessia marítima do mundo deverá acontecer no final do mês de outubro, de acordo com o jornal South China Morning Post (SCMP).

A estrutura principal mede 29,6 quilómetros, com uma secção em ponte de 22,9 quilómetros e um túnel subaquático de 6,7 quilómetros, numa extensão total de 55 quilómetros.

A ponte vai reduzir o tempo de viagem entre Hong Kong e Zhuhai, província adjacente a Macau, de três horas para apenas 30 minutos, aumentando a integração das três cidades do Delta do Rio das Pérolas.

A construção começou em 2011 e estava originalmente programada para abrir em 2016, mas o projeto foi assolado por vários problemas, como acidentes de trabalho, uma investigação de corrupção, obstáculos técnicos e derrapagens orçamentais, apontou o SCMP, acrescentando ainda que a ponte custou no total, aos três governos, cerca de 1,9 mil milhões de euros.

A infraestrutura é também considerada vital na construção do projeto chinês “Uma faixa, uma rota”, uma nova rota da seda marítima do século XXI, que pretende redesenhar a economia global.

Para além deste projeto, a ambição de Pequim passa ainda por criar uma grande metrópole, a Grande Baía, para intensificar laços em matérias como o comércio de mercadorias e de serviços, facilidades nas alfândegas e comércio eletrónico transfronteiriço.

A Grande Baía junta, além de Guangdong, Hong Kong e Macau, abrange nove localidades na China: Cantão, Shenzhen, Zhuhai, Foshan, Huizhou, Dongguan, Zhongshan, Jiangmen e Zhaoqing. Conta com mais de 110 milhões de habitantes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
conselho das finanças públicas OE2019 orçamento CFP

Impostos incobráveis disparam 27% para 6,4 mil milhões de euros em 2019

carlos costa banco de portugal

Carlos Costa termina mandato amanhã. Centeno enfrenta deputados no parlamento

Fotografia: João Silva/ Global Imagens

Marcelo. É preciso “olhar para a frente e lutar” pelo turismo algarvio

Hong Kong, Zhuhai e Macau iniciam testes à maior ponte do mundo