Universidades

Primeira licenciatura em cannabis

O curso tem o nome de "Química das plantas medicinais", existe na Universidade do Norte de Michigan, e vai estudar a cannabis, seus usos e efeitos.

A Universidade do Norte de Michigan criou a primeira licenciatura em cannabis, tem a duração de quatro anos e o objetivo é o estudo da planta, seus usos e efeitos. O curso tem o nome de “Química das plantas medicinais”. Existem outras universidades, como Harvard, Universidade de Denver, Vanderbilt ou Ohio, ofereçam aulas sobre a legislação da planta, mas a nova licenciatura é a primeira a concentrar-se em todos os aspectos, incluindo as áreas de química, biologia, botânica, horticultura, marketing e finanças.

A ideia do novo curso surgiu no ano passado, quando o professor associado de Química Brandon Canfield participou de uma reunião anual da American Chemical Society, onde foi referida a necessidade da existência de especialistas para esta indústria, que só no ano passadio gerou 6.800 milhões de dólares nos EUA e inúmeros estudos já revelaram as suas propriedades medicinais.

Os dois princípios ativos da cannabis para fins terapêuticos são tetrahidrocannabinol (THC) e cannabidiol (CBD). No caso do cancro, ajuda a controlar as náuseas provocadas pela quimioterapia e também tem sido usado para aumentar o apetite em pacientes com cancro ou com VIH.

Os responsáveis esclarecem que na Universidade não haverá qualquer plantação de cannabis. Embora em alguns estados, como a Califórnia, já seja permitido por lei o seus cultivo, no Estado de Michigan é proibido. A cannabis é totalmente legal, tanto para uso medicinal como recreativo, em oito dos 50 estados dos EUA, bem como no Distrito de Columbia. Em outros 29 estados, seu uso medicinal é permitido.

Além disso, acrescenta o diretor do departamento de química da universidade, os alunos não só vão estudar os benefícios da cannabis, como também vão aprender a usar uma grande variedade de plantas medicinais, isto tendo em conta que nos EUA e em muitos outros países, os remédios tradicionais baseados em plantas são amplamente utilizados, como suplementos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso. TIAGO PETINGA/LUSA

Teodora Cardoso alerta para controlo da despesa na saúde

No segundo trimestre deste ano, o aeroporto de Lisboa movimentou 7,7 milhões de passageiros.

Aeroporto de Lisboa recebe mais de 7 milhões de turistas no segundo trimestre

DriveNow é uma das duas empresas com partilha de carros sem estacionamento fixo dentro de Lisboa.

Lisboa vai ter lugares só para carsharing. Saiba onde poderá estacionar

Outros conteúdos GMG
Primeira licenciatura em cannabis