Brent

Preço do petróleo dispara com abate de drone norte-americano

FILE PHOTO: Gas flares from an oil production platform at the Soroush oilfields in the Persian Gulf, south of the capital Tehran, July 25, 2005.  REUTERS/Raheb Homavandi/File Photo
FILE PHOTO: Gas flares from an oil production platform at the Soroush oilfields in the Persian Gulf, south of the capital Tehran, July 25, 2005. REUTERS/Raheb Homavandi/File Photo

O Irão abateu um drone dos Estados Unidos que estaria a sobrevoar a zona sul do país. Washington garante que estava em espaço aéreo internacional.

O preço do barril crude no mercado norte-americano disparou mais de 3% nesta quinta-feira de manhã, atingindo os 55,53 dólares, o valor mais elevado desde o final de maio. Também no Mar do Norte, o preço do Brent – que serve de referência ao mercado português – subiu, tocando os 63,88 dólares por barril, pela primeira vez desde 10 de junho.

Este aumento no preço do “ouro negro” surge depois de o Irão ter abatido um drone norte-americano, acusando Washington de violar o espaço aéreo nacional. De acordo com a Guarda Revolucionária Iraniana, a aeronave não tripulada estava no espaço aéreo do Irão perto de Kuhmobarak, na província de Hormozgan, no sul do país.

No entanto, o exército norte-americano garantiu que o drone se encontrava em espaço aéreo internacional no Estreito de Ormuz, na mesma região onde foram atacados dois petroleiros na semana passada.

De acordo com analistas citados pelas agências internacionais, esta escalada do preço do petróleo poderá estar também relacionada com a a explosão, ontem, de um rocket num complexo que integra várias empresas petrolíferas internacionais no Iraque, incluindo a norte-americana ExxonMobile.

O ministério iraniano dos Negócios Estrangeiros reagiu acusando os Estados Unidos de violar o espaço aéreo do país. O porta-voz do gabinete do chefe da diplomacia iraniana, referiu-se ao ataque como “uma violação das fronteiras do Irão” e deve ser “fortemente condenado”. O porta-voz alertou ainda para “as consequências de tais medidas ilegais e provocatórias.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
24/04/2019 - Decorre esta tarde a Assembleia Geral da EDP na Sede da EDP na Av 24 de Julho
João Manso Neto, António Mexia e Miguel Stilwell de Andrade
(Diana Quintela / Global Imagens)

Mexia e Manso Neto pedem recusa do juiz Carlos Alexandre

Fotografia: Pixabay

Preços afundam em maio. Taxa de inflação cai para -0,7%

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Teletrabalho deve passar a implicar acordo escrito

Preço do petróleo dispara com abate de drone norte-americano