Coronavírus

Próxima reunião de MNE da NATO será por videoconferência segura

Secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg (Photo by Denis LOVROVIC / AFP)
Secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg (Photo by Denis LOVROVIC / AFP)

A próxima reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO, agendada para o dia 02 de abril, decorrerá por videoconferência devido à pandemia.

“A reunião decorrerá por teleconferência segura em 02 de abril e será presidida pelo secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg”, salienta o comunicado.

A agenda da reunião será consagrada às consequências económicas da pandemia sobre os orçamentos dos aliados para a defesa e as missões da NATO no Afeganistão e Iraque.

Desde 18 de março, data em que as autoridades belgas adotaram medidas restritivas, que a sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO, na sigla inglesa) está encerrada a visitantes, jornalistas e pessoal não essencial.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou perto de 450 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 20.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com cerca de 240.000 infetados, é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 7.503 mortos em 74.386 casos registados até hoje.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Vendas de carros descem 71,6% em maio

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: António Cotrim/Lusa

PIB pode registar quebra entre 9% a 15% em 2020

Lisboa, 25/05/2016 - Aspecto do Palco Mundo, durante uma reportagem do Diário de Notícias sobre o que acontece nos dias em que no Festival Rock in Rio não há concertos.

( Gustavo Bom / Global Imagens )

APSTE: Setor dos eventos com prejuízos de 20 milhões no segundo trimestre

Próxima reunião de MNE da NATO será por videoconferência segura