Guerra comercial EUA-China

Trump quer receber Xi Jinping no Iowa

Donald Trump ordenou a morte do comandante da força de elite iraniana Al-Quds, general Qassem Soleimani. Foto: REUTERS/Kevin Lamarque
Donald Trump ordenou a morte do comandante da força de elite iraniana Al-Quds, general Qassem Soleimani. Foto: REUTERS/Kevin Lamarque

Pequim ofereceu Macau como alternativa, após o Chile ter desistido de receber o fórum de Cooperação Económica Ásia-Pacífico devido à recente onda de protestos no país

O Presidente norte-americano anunciou sexta-feira à noite que a reunião com o seu homólogo chinês, Xi Jinping, para negociar um acordo comercial entre os dois países, pode ocorrer no Estado do Iowa, após o cancelamento da cimeira da APEC, no Chile.

“Estamos a estudar vários locais”, disse Donald Trump, acrescentando que “poderia até ser no Iowa”, um Estado rural onde Xi Jinping esteve em 1985 para estudar agricultura.

Na quinta-feira, a cadeia televisiva norte-americana Fox News avançava que Pequim ofereceu Macau como alternativa para os Presidentes da China e Estados Unidos celebrarem a assinatura do um acordo comercial interino.

A informação, avançada por Edward Lawrence, repórter da Fox Business, surge depois de o Chile ter anunciando que desistiu de receber o fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (APEC), devido à recente onda de protestos no país.

Xi e Trump tinham planeado reunir à margem do fórum da APEC, entre os dias 16 e 17 de novembro, para assinarem um acordo interino, visando travar a escalada na guerra comercial entre os dois países.

As autoridades chinesas confirmaram na quinta-feira que os responsáveis pelas negociações para um acordo comercial vão falar na sexta-feira por telefone, visando avançar com as negociações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Carteiros

CTT vão entregar cartão de cidadão em casa. Piloto arranca em Oeiras

Trump quer receber Xi Jinping no Iowa