10 peças de guarda-roupa em que deve investir

É importante ter em conta que as peças com corte clássico, em tons neutros e materiais de qualidade são sempre as melhores opções para a base do seu guarda-roupa profissional. Por que tanto as pode usar em contextos formais, como informais; permitem maiores possibilidades de conjugação e não passam de moda.

Dez peças-chave em que deve investir

1 – Calças pretas de corte clássico

Uma peça clássica e versátil, pois tanto pode usar numa entrevista de trabalho, como numa reunião ou num evento mais formal. De preferência, escolha modelos com um corte a direito. De acordo com o seu tipo de corpo pode, ainda, usar com ou sem pregas, com virola em baixo e de cintura mais subida ou descaída.

2 – Camisa branca

Uma peça fundamental no seu guarda-roupa, pois a camisa branca pode ser usada praticamente com tudo e em várias ocasiões. Tanto em ocasiões informais, usada com uns jeans, como em looks mais conservadores, conjugada com umas calças ou uma saia clássica, uma camisa branca fica sempre bem. Mas escolha um tecido que não seja transparente, de modo a evitar deixar transparecer a roupa interior.

3 – Jeans escuros

O modelo depende do seu tipo de corpo, mas prefira cortes a direito ou justos (skinny), desde que não sejam demasiado colados ao corpo. Para o trabalho, prefira modelos mais discretos, sem muitos detalhes, rasgados ou manchados. Em ambientes mais formais e conservadores, o dress code não permite o uso de jeans, mas muitas empresas abrem uma excepção à sexta feira (casual friday), dia em que é permitido um estilo mais informal. Opte por jeans escuros, que além de serem mais discretos, ajudam a disfarçar as gordurinhas. Com uma camisa ou blusa e um blazer (no caso das mulheres) ou com um polo, camisa, pullover ou blazer (no caso dos homens) é uma opção confortável e prática para o dia-a-dia.

4 – Blazer preto

Tal como as calças de corte clássico, o blazer preto tanto pode ser usado numa reunião ou almoço de negócios, como num jantar ou cocktail no final do dia. Prefira o corte clássico, de dois ou três botões. Super elegante, este básico do guarda-roupa combina com tudo.

Se trabalhar num ambiente formal, invista em blazers de cores neutras, como os vários tons de cinza, azul-marinho, camel e bege, assim como em padrões discretos (riscas finas ou xadrez). As mais ousadas e criativas, podem apostar em modelos coloridos, mas conjugar com peças em tons mais neutros se não quiser parecer um arco-íris.

5 – Vestido Preto

Conhecido como o Little Black Dress (LBD) é o clássico dos clássicos. O modelo deve ser escolhido em função do seu corpo, mas prefira os modelos a direito, mais estruturados e um pouco acima do joelho, que realçam a sua silhueta, sem expor demasiado o corpo. Neste caso, pode usar e abusar dos acessórios, já que ao mudá-los pode passar de um visual mais clássico para um look mais sofisticado ou criativo. Aliás, os colares, os cintos e os sapatos são fundamentais para criar um estilo pessoal.

6 – Saia lápis

De tecido ou em pele, a saia lápis (justa) é um básico feminino. Muito elegante e chique, a saia deve situar-se pelo joelho, no caso de ter umas pernas mais altas, ou um pouco acima deste (cerca de três dedos) para as mulheres mais baixas. Contudo, se tiver umas ancas mais acentuadas (corpo pera ou ovo), pode optar por modelos evasé em formato A, que suavizam as curvas do corpo e equilibram a silhueta.

7 – Sapatos clássicos de salto médio

Uns sapatos de salto alto, tipo scarpins, são versáteis, elegantes e muito femininos. Porém, prefira modelos de salto médio, por serem mais discretos e confortáveis para o ambiente profissional. Aposte em calçado de qualidade, que lhe proporcione um bom andar e se mantenham impecáveis por mais tempo. O preto e o nude (cor de pele) combinam com tudo. Além disso, se usar um vestido ou saia, com collants cor de pele, os sapatos nude dão a ilusão de ter umas pernas mais longas, pelo que podem ser uma boa opção para as mais baixinhas.

8 – Sobretudo

Um bom casaco de inverno é fundamental para os dias mais frios. Opte por um corte clássico e num tom neutro – preto, azul-marinho, cinza ou camel – pois permitem mais conjugações. O comprimento ideal varia consoante a sua estatura. Se for mais baixa, prefira os modelos a 3/4 e nunca abaixo do joelho.

9 – Trench Coat

Ideal para os dias de frio e chuva, a gabardine ou trench coat (criado por Thomas Burberry) é uma peça prática e leve, que pode ser vestida por cima do blazer. Mais conhecido no seu tom bege com forro de xadrez, o trench coat é elegante e intemporal.

10 – Roupa Interior Lisa

Um soutien que esteja apertado, não segure o peito ou deixe uma parte de fora pode arruinar qualquer visual. Do mesmo modo, umas cuecas que vinquem o corpo também não são nada elegantes. Por isso, invista em modelos básicos (lisos, sem textura, opacos e da cor da pele) e sem costura, que ficam “invisíveis” por debaixo da roupa.

E não se esqueça: nem tudo o que é básico tem de ser aborrecido, sem personalidade e monocromático. A melhor forma de personalizar o seu visual é acessorizar! Aposte num guarda-roupa com peças básicas e recorra aos acessórios para dar aquele toque especial, que lhe vão permitir mudar um look de dia para a noite ou tornar um coordenado mais casual ou formal.

Bons investimentos em acessórios:

Lenços e echarpes

Mala clássica estruturada em cor neutra (preto, cinzenta, camel ou bege)

Clutch preta ou metalizada (cocktail, festa e jantar)

Cintos de pele em cores neutras (preto, bege e castanho)

Colares de prata, ouro ou metal / Maxi-colares

Pulseiras (que não façam barulho ao tocar na mesa ou a trabalhar)

Anéis (que não magoem os dedos, se tiver de dar um aperto de mão)

Brincos (de pequena e média dimensão)

Relógio (modelo clássico, com pulseira de couro ou metal)

Óculos de vista e escuros (modelos clássicos, sem muitos detalhes)

Não se esqueça que os acessórios são muito importantes para definir o seu estilo. O mesmo conjunto com acessórios diferentes pode transformar por completo o seu visual. Invista em peças de qualidade, pois duram mais tempo e dão-lhe um ar mais elegante e sofisticado. E muito importante: os acessórios são uma extensão do seu coordenado, por isso devem valorizá-lo.

Rita Carvalho

Consultora de Comunicação e Imagem

In Styleland – Image and Communication Consulting

Blogue: www.instyleland.com

Facebook: https://www.facebook.com/InStyleland

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
10 peças de guarda-roupa em que deve investir