airbnb

Airbnb: um negócio de milhões num vídeo de miniaturas

A carregar player...

Para ajudar a <b>Airbnb </b>a tornar o mundo "um lugar mais pequeno", a TBWA e a Sixtoes Singapore desafiaram a <a href="http://cirkus.co.nz/blog/2014/11/cirkus-makes-the-world-a-smaller-place-with-airbnb/">empresa de animação neozelandesa Cirkus </a>a fazer o vídeo que descreve, através de miniaturas, o negócio de milhões da empresa.

Através de uma viagem num mundo de miniaturas – casas, árvores, transportes, animais e pessoas – o vídeo descreve ao pormenor o negócio de aluguer de curta duração de casas .

A viagem feita de comboio transporta os viajantes por diferentes paisagens, deixa entrar em castelos e espreitar em miradouros e ainda explica que o maior objetivo do negócio é fazer com que os clientes se sintam em casa.

“Olhe para o mundo: não é incrível? Pense na quantidade de sítios a que chamamos casa. (…) Em airbnb.com pode escolher o sítio e ficar onde quiser.”, explica-se no vídeo.

Além da possibilidade de reserva de um quarto ou casa de entre milhares de ofertas disponíveis em todo o mundo, o vídeo da Airbnb esclarece que é possível conversar com os responsáveis pelas casas de destino para os clientes não ficarem em casa de completos estranhos.

Matthias Schuecking, diretor de marketing da Airbnb, explica que a ideia de realizar o vídeo é transportar as pessoas para uma viagem no interior do negócio. “Usamos esta maneira para mostrar o percurso da viagem através da Airbnb”, esclarece o responsável no vídeo de making of.

A Airbnb foi considerada a empresa do ano, segundo a revista Inc., que a classificou como “disruptiva” e “o maior império mundial de alojamento”. Baseada no conceito de “economia partilhada” – assente na divisão de lucros entre a empresa e os seus “colaboradores”, os senhorios das casas que constituem a rede, a empresa assegurou hospedagem a cerca de 10 milhões de pessoas em todo o mundo, só em 2014.

A viagem de comboio de 60 segundos assegura que, independentemente do sítio onde vá ou queira ir, pode sempre sentir-se em casa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro da Economia Pedro Siza Vieira, no Roteiro Automóvel, visitou a PSA e conduziu um dos carros fabricados em Mangualde.  (João Silva / Global Imagens )

Governo quer choque elétrico nas fábricas de automóveis

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

despedimentos coletivos

Despedimentos coletivos voltam a subir em 2019 e arrasam no Norte

Airbnb: um negócio de milhões num vídeo de miniaturas