start-up

Aprender a ser empreendedor

É uma conta de somar simples e rápida. Problema + solução + ação = empreendedor.

A matemática do empreendedorismo, acredita a StartIUPI (acompanhe o projeto no Facebook), é uma disciplina fácil e acessível a qualquer idade (veja o vídeo que a Grasshopper fez a respeito do empreendedorismo infantil). Por isso, este fim de semana arranca mais um programa de empreendedorismo para crianças. A primeira edição, em setembro de 2012, deu formação a 40 crianças com idades entre os 6 e os 12 anos.

Acompanhe o Dinheiro Vivo no Facebook e conheça mais histórias de Fazedores.

Durante os quatro fins de semana de curso, os miúdos aprendem basicamente a resolver problemas. “Dotamos os nossos participantes de ferramentas que os possibilitam encarar o mundo com mais otimismo, confiança e orientados para soluções”, explica Ruben Melo, cofundador do projeto.

Para criarem valor, as crianças pensam num produto, escolhem-lhe o preço e a forma de comunicá-lo e vendem os produtos reais na “praça” criada para o efeito. Resultado? Do negócio vão tirar os primeiros rendimentos ganhos por “conta própria”.

Os cursos – de duas ou quatro semanas – decorrem no Cowork Lab em Oeiras, ao sábado de manhã.

Para inscrever crianças basta contactar o seguinte email – ola@startiupi.com – com o nome e contato do encarregado de educação e o nome e idade da criança. O curso de quatro semanas custa 35 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pedro Queiroz Pereira

Pedro Queiroz Pereira deixa império de mil milhões

Pedro Queiroz Pereira, presidente do conselho de administração da Semapa

Semapa: “Mais do que um património, PQP deixa força e deixa valores”

Outros conteúdos GMG
Aprender a ser empreendedor